Drop Down Menu

Creative Commons License
Texto sob licença Creative Commons

AFOGADOS E AFUNDANDO

LEVANDO CONSIGO MILHARES DE INCAUTOS

ESTE TEXTO FOI DIVIDIDO EM 3 PARTES:


1ª PARTE

2ª PARTE

3ª PARTE


INTRODUÇÃO

Ao ler o excelente livro "Escapando da Sedução", de Dave Hunt, sinto-me inspirado, pois encontrei eco e, principalmente, suporte bíblico adicional para muitas das opiniões que já sustentava! Agora mesmo é que estou decidido a prosseguir revelando tudo de errado que tem sido encoberto em nome do tal “Amor PP” (permissivo e pernicioso) e que está indiscriminadamente tomando conta das igrejas.

Essa contaminação ocorre justamente por causa das lideranças que abandonam a sã doutrina e passam a acobertar seus erros através de deturpações da Bíblia. Seduzidas pela fama, pelo poder e/ou pelo dinheiro, passam a encobrir suas concupiscências sob alguma doutrina que, sem dúvida, aparentará grande piedade… mas cujo resultado é a negação completa tanto do genuíno Evangelho quanto da graça que (nunca merecemos, mas) ganhamos através do sacrifício de Jesus Cristo na cruz do calvário.

Há pouco mais de duas semanas venho apresentando, em meu blog, fatos documentais sobre a apostasia que contagiou alguns dos mais expressivos líderes da CONAMAD quando aderiram ao ecumenismo. Hoje decidi expor e analisar mais algumas das sérias deturpações que estão ocorrendo em outra expressiva liderança aqui nessa república das bananas.

Para aqueles que nunca vieram até este site, vamos falar de uma equipe que já estava afogada há muito tempo e, vou provar biblicamente, a cada dia se afasta mais da solidez bíblica numa velocidade impressionante! Falaremos sobre o "Di(st)ante do Trono”:

CORRESPONDÊNCIAS

DESCULPE: CONTEÚDO VISUALIZADO EXCLUSIVAMENTE NO SITE

Para plena compreensão da presente análise, recomendo a leitura prévia da análise "Afogando-se na Lagoinha" e da postagem "Os Avestruzes e Os Idólatras Gospel".

O irmão Ednelson, do blog “Voltando ao Gênesis”, ficou tão indignado com a idolatria registrada no vídeo ao lado e direcionada à cantora Ana Paula Valadão, que decidiu se expressar diretamente no blog da mais nova beatificada e canonizada estrela gospel do Brasil. Vejam:

A idolatria gospel está chegando ao extremo: até música se faz para seus “cantores-ídolos”!

No blog de meu amigo, ele questiona: ”Onde isso vai parar?”.

Respondo: Não vai parar! Pelo contrário, vai piorar a cada dia, pois a falta de conhecimento bíblico da maior parte dos, ditos, “evangélicos” é gritante.

Eles sabem de cor e salteado suas músicas, mas pergunte se eles sabem o que Deus diz em Isaías 48:2?…tá bom, vou transcrever… talvez alguém aqui leia: “Eu sou o Senhor, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem”.

Espero que você abra os olhos dessas pessoas que fazem de você um ídolo, se é que você também não gosta de ser idolatrada por eles.

Com certeza vão me execrar, me chamar de fariseu… dirão que estou me levantando contra uma “ungida” do Senhor! Se vocês estudassem mais Bíblia e fizessem de Deus realmente suas vidas, seus olhos seriam abertos, assim como o meu foi!

Já leram o que diz I Coríntios 3:4-5? Quem é Ana, Diante do Trono, Paulo, Apolo, Pedro? Não são nada! Ninguém nessa terra é nada!

Agora querem glorificar uma mulher pecadora fazendo músicas que devem ser dirigidas apenas para Cristo? Leia o que diz a Palavra:

“Quando, pois, alguém diz: Eu sou de Paulo, e outro: Eu, de Apolo, não é evidente que andais segundo os homens? Quem é Apolo? E quem é Paulo? Servos por meio de quem crestes, e isto conforme o Senhor concedeu a cada um.” (I Coríntios 3:4-5)

Não sigam ninguém exceto a Cristo. Parem de idolatrar a Ana! Ela é apenas uma mulher… e você, Ana, por favor, pare de aceitar isso: você sabe que é idolatria e que jamais Deus se agradará disso. Você não é ninguém,eu não sou ninguém. Nós somos apenas servos de Cristo. E assim como vocês podem ter dúvidas se sou ou não servo de Deus, assim também tenho cá minhas dúvidas se você é serva mesmo de Deus ou não, pois aceitar essas palhaçada de fazer canções a você… sei não… Veja o que fizeram Paulo e Apolo nessa mesma situação sua:

“Quando as multidões viram o que Paulo fizera, gritaram em língua licaônica, dizendo: Os deuses, em forma de homens, baixaram até nós. A Barnabé chamavam Júpiter, e a Paulo, Mercúrio, porque era este o principal portador da palavra. O sacerdote de Júpiter, cujo templo estava em frente da cidade, trazendo para junto das portas touros e grinaldas, queria sacrificar juntamente com as multidões. Porém, ouvindo isto, os apóstolos Barnabé e Paulo, rasgando as suas vestes, saltaram para o meio da multidão, clamando: Senhores, por que fazeis isto? Nós também somos homens como vós, sujeitos aos mesmos sentimentos, e vos anunciamos o evangelho para que destas coisas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles.” (Atos 14:11-15).

Cuidado, idolatria, na minha bíblia, é pecado… não sei na de vocês.

Fica aqui um alerta de uma pessoa que ama vocês todos, inclusive você Ana!

Em Cristo, parabéns pelo aniversário. Graça e paz!

O testemunho de vida do Ednelson é edificante e se, de alguma forma, o Espírito Santo deu discernimento a esse menino com auxílio de meus textos… GLÓRIAS A DEUS! Acho que preciso treinar muito para conseguir ser tão… “fair play” quanto ele!

A RESPOSTA

Fazendo as palavras dele como se minhas fossem, nunca esperaria retorno. Surpreendentemente uma resposta chegou no dia 29 e, sem dúvida alguma, terei o prazer de apresentá-la:

Resolvemos responder o seu comentário diretamente por e-mail. Pedimos perdão pela demora, mas com o nascimento do Benjamim precisamos nos remanejar para dar continuidade ao blog.

Entendemos sua preocupação quanto ao conteúdo da letra da música e o respeitamos por isso. Não cremos que a letra em questão tem algum peso divino. Acreditamos que todos os filhos de Deus são vozes dEle na Terra. Todos nós temos a responsabilidade de levar a Palavra dEle àqueles que não O conhecem. E nesse aspecto cada criatura nascida de novo o é. Sim, a Ana Paula erra, peca, como todo ser humano (e como diversas vezes ela expõe no blog), mas da mesma forma ela tem se empenhado em cumprir o seu chamado pessoal de adorar a Cristo e pregar o Evangelho. E quando é falado que nada vai impedir, é no aspecto de que quando Deus escolhe uma pessoa Ele mesmo faz. Ele luta por nós, abre as portas, nos capacita. Não por causa da pessoa em si, mas por causa dEle. Ele é fiel às palavras que Ele mesmo entrega. Ele é fiel a cada um de nós por causa dEle mesmo.

A intenção da música não é divinizar a Ana Paula, mas sim homenageá-la, como professora, como líder, como alguém que tem sido usada por Deus para fazer diferença na vida desses jovens, principalmente dos alunos do seminário, que convivem bastante com ela. Não há afronta alguma ao reconhecer a presença de Deus na vida de alguém. Pelo contrário. A Palavra mesmo nos ensina: A quem honra, honra. E como honrar é diferente de divinizar ou idolatrar! Infelizmente honrar pessoas é algo que não fazemos muito nas nossas igrejas. Talvez você mesmo, em algum momento, já se sentiu injustiçado, ou que não te deram o devido crédito, ou que não te reconheceram da forma como você gostaria. Infelizmente não temos muito essa prática.

Na realidade acabamos investindo mais tempo exatamente na atividade contrária, de julgar, acusar, expor, como se nisso houvesse maior valor. Sim, criticar é sempre importante, mas é sempre bom lembrar que existem críticas positivas, que te levam ao crescimento e outras destrutivas, que causam separação, dor, que geram morte. Quero realmente te encorajar a encontrar o caminho das críticas positivas, que geram vida. Esperamos que você não se sinta ofendido por essas palavras, mas que possa entendê-las, ok? Sabemos que a Igreja não é perfeita. As pessoas muito menos. E que se quisermos encontraremos um milhão de motivos para fugir desse universo e para desconfiar das pessoas, mas Deus não tem nada a ver com isso. Podemos fazer dos erros dos outros a nossa bandeira, ou podemos nos portar como aqueles que querem reparar as brechas, suportar a Igreja, trazer transformação com amor, e não com acusação.

Enfim, de fato precisamos nos atentar para não deixar que nada tome o lugar de Deus em nossas vidas. Afinal, Ele sempre será o motivo, a razão. Porque dEle, por Ele e para Ele são todas as coisas. Te abençoamos no nome de Jesus.

Diante do Trono

Lindas palavras, não? Mas o que tem de conceitos antibíblicos nessas linhas é impressionante!

ASSUSTADORA ANÁLISE DA ANA

Gostaria de dedicar as palavras que escrevo a partir de agora não apenas à equipe da Ana Paula, mas a pessoas como a ministra Irina e Ricardo Costa, que apresentou, no “Púlpito Cristão”, seus comentários em relação às palavras infelizes que Rui Raiol direcionou ao autor daquele blog e à resposta perfeitamente cristã encaminhada por este.

A equipe "Diante do Trono" nem foi tão mal nos dois primeiros parágrafos, mas no terceiro já começam errando feio! Dão provas que, para eles, a Bíblia é um ótimo livro de referência… e só! Para refutar o conceito de "homenagem" que tentam apresentar, cito apenas uma passagem bíblica dita pelo próprio Jesus Cristo:

“Ai de vós quando todos os homens de vós disserem bem, porque assim faziam seus pais aos falsos profetas.” (Lucas 6:26)

Notaram que neste terceiro parágrafo eles rodaram como um cão atrás da própria cauda? Tentaram explicar que, por não estarem “divinizando” a cantora não poderíamos qualificar o ato como idolatria, porém apenas mero “reconhecimento”… e através disso assinaram um atestado que pode ser tanto de “apressadinhos oficiais” quanto de “desprezo bíblico total”. Vejam:

“Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.” ((Mateus 6:2)

Substituam a parte “Quando, pois, deres esmola” por “Quando, pois, lotarem estádios para divulgar heresias…” ou “Quando, pois, fizerem obras seculares impressionantes…” ou “Quando, pois, conseguirem dominar e adestrar a mente dos incautos…”. Qualquer uma dessas opções vale, pois o mais importante é só o que vem depois desse trecho.

Que ministério é esse que age de modo totalmente contrário às recomendações não apenas bíblicas, mas expressas diretamente pelo próprio Jesus Cristo?!

Eles simplesmente se mostram incapazes de reconhecer os próprios erros e, através de desculpas esfarrapadas, continuam seguindo na direção da heresia, da apostasia… e apesar de tantos “atos proféticos” e de tanto dizer que “pisam”, tudo indica que já estão sendo seduzidos pelo próprio satanás!

A prova final da total cegueira espiritual deste ministério é o quarto parágrafo, onde ABANDONAM COMPLETAMENTE TODAS AS RECOMENDAÇÕES BÍBLICAS sobre exortação e julgamento! Cometem o clássico erro do “avestruz gospel” quando não reconhecem a diferença entre a santa exortação e as meras críticas e, para piorar, apresentam o adjetivo “positivas” como antônimo para “destrutivas”… e isso é muito, muito mais sério do que vocês podem pensar! Citarei Dave Hunt para esclarecer o engano:

Positivo e negativo têm um sentido definido em eletricidade, matemática ou física, mas tais termos nada têm a ver com a verdade, justiça, santidade, obediência a Deus e a Sua Palavra, com o Evangelho de Jesus Cristo, ou com o poder do espírito Santo no viver a vida cristã. Quando usados em tal contexto, esses termos causam grande confusão.

Muitas vezes se diz, com toda sinceridade: "Não vejo o que possa estar errado com o que o pastor Silva ensina; ele é sempre tão positivo!" É surpreendente o número de crentes que parecem equacionar positivo com verdadeiro. Filipenses 4:8 é um versículo favorito das pessoas que insistem que a Bíblia ensina o "pensamento positivo": "Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro… respeitável… justo… puro… amável… de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento." Essa é uma ilustração perfeita da confusão que se formou.

De alguma forma, "positivo" não é equacionado erradamente apenas como verdadeiro, mas também é visto como o equivalente de respeitável, justo, puro, amável,etc. Não é difícil perceber que, em lugar de respeitável, ser "positivo" poderia, em alguns casos, ser muito desrespeitável. Além do mais, não chamaríamos de justo um juiz que deixasse de condenar e sentenciar criminosos por querer ser "positivo". Algumas pessoas têm uma visão muito "positiva" sobre sexo livre, mas é muito difícil chamar tal posição de "pura". Igualmente, não podemos dizer que qualquer coisa mencionada em Filipenses 4:8 seja equivalente a "positivo". (…)

Na maioria das vezes, o que se quer dizer com "positivo" é simplesmente "favorável" ou "agradável", e qualquer coisa que seja desagradável é chamada de "negativa". Essa atitude relativista e egocêntrica reflete a mentalidade secular atual e destrói os valores morais e espirituais. O que importa realmente não é se algo é "positivo", mas se é verdadeiro ou falso, bíblico ou não-bíblico. Nesse contexto, portanto, os termos "positivo" e "negativo" não são apenas irrelevantes; são uma cortina de fumaça que impede a percepção dos verdadeiros problemas. Aplicar tais termos a verdades bíblicas é um insulto ao Deus cuja Palavra está cheia de correções e advertências bastante "negativas" sobre o juízo. (…)

Estamos, todavia, gritando um anátema contra um movimento que ofusca a verdade e a correção divinas "positivizando" a espada afiada de dois gumes que é a Escritura Sagrada. Fazer tal coisa é zombar de Deus e, além disso, sutilmente absolver líderes cristãos da responsabilidade de prestar contas sob a capa de que questionar sua doutrina ou sugerir uma correção com base nas Escrituras seria "negativo". esta idéia é dominante entre os crentes de hoje, a despeito do fato bem conhecido de que os bereianos foram elogiados como "mais nobres" por terem questionado o ensino de Paulo, confrontando-o com a Palavra de Deus (Atos 17:11). É nossa responsabilidade colocar os ensinos e as vidas dos líderes cristãos de hoje sob o mesmo farol da verdade, mesmo correndo o risco de parecermos "negativos". (Dave Hunt, Escapando da Sedução — trechos extraídos das páginas 36, 37 e 38)

Parece que o autor sabia exatamente o tipo de recurso sujo que o ministério Diante do Trono iria utilizar para responder as exortações que lhe fossem dirigidas…

Simplesmente assistimos a transformação da apologética em um estorvo maldito nesta mensagem, assim como recebemos um convite ao abandono da solidez da Palavra de Deus em nome do "reconhecimento" pessoal do ser humano e do "Amor PP".

Para concluir a refutação desta mensagem, ressalto apenas o quão poderosas estão se sentindo essas pessoas, pois se julgam capazes de abençoar alguém! Mesmo que no nome de Jesus, as bênçãos sempre vêm de Deus e não há, na Bíblia inteira, o registro do termo "eu te abençôo": mesmo aqueles que abençoam solicitam as bênçãos de Deus! Alguns exemplos:

"E Deus Todo-Poderoso te abençoe, e te faça frutificar, e te multiplique, para que sejas uma multidão de povos." (Gênesis 28:3)

"E falou o Senhor a Moisés, dizendo: Fala a Arão, e a seus filhos dizendo: Assim abençoareis os filhos de Israel, dizendo-lhes: O Senhor te abençoe e te guarde; O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. (Números 6:22-26)

Levando em conta que os judeus cumpriam a Lei e que essa era a Palavra de Deus, não há espaço para dúvidas que todas as vezes em que se menciona alguém abençoando outrem, tenha sido usado este modelo acima apresentado. Porém como Ana Paula Valadão é a "voz de deus para as nações",  posso imaginar que tenha recebido novas instruções e até mesmo poder para que ela e seu ministério abençoem as pessoas…

HISTÓRICO DE DETURPAÇÕES

Na verdade, já haviam sido registrados anteriormente outros episódios heréticos e antibíblicos sendo realizados por componentes deste ministério. Olhemos resumidamente para alguns:

O "LEÃOZINHO"

DESCULPE: CONTEÚDO VISUALIZADO EXCLUSIVAMENTE NO SITE

Conforme registrado no vídeo ao lado, a vocalista Ana Paula Valadão subitamente decidiu se arrastar pelo palco durante um show… sinal inconfundível: ou é possessão demoníaca ou bobeira carnal. Em qualquer um dos casos nunca seria uma atitude correta para alguém que se afirme como líder cristão ou "alguém que tem sido usada por Deus para fazer diferença na vida" das pessoas.

Ainda pior que essa atitude foi a desculpa covarde e imunda apresentada ao público no site da cantora:

Foi então que eu, crendo hoje assim como naquele momento, senti em meu coração a direção de me agachar e andar como um leão. Eu antes estava celebrando e pulando bem alto, e sentia uma leveza especial. Mas de repente minhas pernas faltaram com a força e me vi no chão sem conseguir me levantar. Agachar e engatinhar foi um reflexo rápido, e eu, que já estou acostumada a obedecer aos ímpetos que creio que o Espírito Santo me traz, obedeci àquela direção. Enquanto representava um leão ali no palco, eu pensei: “Minha reputação está indo embora. Deus, o que as pessoas vão pensar de mim?”. Mas eu ouvia no mais profundo do meu coração que eu O estava obedecendo e que não era para me preocupar com a opinião das pessoas.

Agi crendo que o Espírito Santo estava me movendo, e obedeci ao que ouvi dentro do meu coração. Assim faço quando preciso escolher um cântico que será entoado em um culto, seja anteriormente enquanto oro e faço a lista de músicas ou seja durante o evento, em momentos em que o plano é mudado e algo espontâneo nasce, ou uma música não planejada encaixa-se perfeitamente no que o Senhor está fazendo naquele instante. Não planejei andar como um leão, mas cri estar agindo, obedecendo a um ímpeto do Espírito Santo em meu coração.

Transcrevo aqui o irmão Leonardo Gonçalves: Note que em nenhum momento ela reconhece que a atitude é errada, antes insiste que estava o tempo todo sob direção do Espírito Santo — como se ela, andando de quatro, pudesse trazer alguma edificação a alguém.

DESCULPE: CONTEÚDO VISUALIZADO EXCLUSIVAMENTE NO SITE

Outro fato curiosíssimo é que, na análise inicial sobre o engano presente nas mensagens dessa equipe, há um momento onde comparo as profecias de Ana Paula Valadão com aquelas apresentadas por Bono Vox, o vocalista da banda U2: novamente a atitude desses dois grandes formadores de opinião converge para um mesmo comportamento. Observe como Bono Vox se movimenta no vídeo ao lado e compare com os movimentos da líder do Diante do Trono vistos anteriormente.

Sem dúvida há um "coincidência" de atitudes que levaria qualquer um a suspeitar de imitação, mas diante do documentário "Os Mecanismos Malignos" e de tudo o que já testemunhei e registrei em relação aos desvios desse ministério ouso levantar uma questão aterradora: estariam os dois astros possessos pelo mesmo demônio? Seria essa uma forma satânica de indicar quais são as pessoas submissas às vontades do anticristo?

Ainda baseado no conteúdo do documentário: que há possessão emocional e física na maior parte do público que assiste aos shows dessa equipe eu já não tenho dúvidas e isto pode ser confirmado quando assistimos aos vídeos da primeira análise.

MÚSICA PARA SATANÁS

Veja a 4ª questão e a resposta dada pela cantora no próprio site da Igreja Batista da Lagoinha:

Lagoinha.com: Existe alguma canção deste CD com a qual você mais se identifica ou mais fala com você?

Ana Paula: Para mim é complicado escolher uma ou outra, pois foram geradas em meu coração como filhos! Mas posso destacar uma, que é “Mais que vencedor”. Nasceu em uma madrugada em que eu estava irritada com tantas afrontas de satanás. Eu compus, pela primeira vez, uma música para ele. Eu fiz questão de falar, zombar e declarar que se ele pensa que eu vou parar, é melhor ele desistir. Maior é o que está em mim.

Uma questão: será que, pelo menos, o homenageado ouviu o CD? Afinal, esta é a canção que MAIS FALA com ela… com a qual ela tem MAIOR IDENTIFICAÇÃO…

ECUMENISMO

Há vários registros de um "namoro" entre a líder do Diante do Trono e a Igreja Católica Apostólica Romana. Abaixo apresento um lindo par de declarações: uma "linda" palavra de Ana Paula sobre a postura de alguns católicos e, em outro vídeo, um famoso representante da ICAR menciona Ana Paula e faz uma sedutora apologia ao ecumenismo.

DESCULPE: CONTEÚDO VISUALIZADO EXCLUSIVAMENTE NO SITE

Não duvido que se um católico abandonar a idolatria, a mariolatria e todos os rituais que o afastam da salvação pela fé, possa vir a ser um cristão genuíno. A questão é que o elogio de Ana à postura religiosa de alguns católicos, mesmo que verdadeiro na prática (católicos mais PUROS que ela própria, por exemplo!) é completamente inútil em relação à salvação:

De qualquer forma não vou deixar de citar um texto da CACP sobre o mesmo assunto, assim como indicar um vídeo onde Ana Paula profetiza um "avivamento católico"…

Essas são apenas alguns dos graves erros cometidos por esse ministério… para onde aqueles que o seguem estão sendo levados?

CONCLUSÃO

Não tenho nada pessoal contra Ana Paula Valadão: tudo o que ela e seu ministério realizam está perfeitamente correto dentro da lei secular e ela NUNCA PECOU contra mim!

O que me leva a redigir um artigo tão extenso e cheio de detalhes é provar através de FATOS, contra os quais não há argumentos, de que Ana e seu ministério estão agindo de forma totalmente errada em relação à Palavra de Deus e, através dessas deturpações, conduzem milhares (senão milhões!) para cada vez mais longe da Verdade e da simplicidade do Evangelho genuíno.

Há duas passagens na Bíblia, escritas pelo apóstolo Paulo, que mostram qual o procedimento de um cristão diante da confirmação de que há irmãos agindo dessa forma:

"Não aceites acusação contra o presbítero, senão com duas ou três testemunhas. Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor." (I Timóteo 5:19-20)

"E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns." (II Timóteo 2:17-18)

Também farei uma última citação de Dave Hunt encontrada na página 43 de seu livro, "Escapando da Sedução":

Paulo julgou necessário e apropriado identificar publica e nominalmente a Himeneu e Fileto porque ensinavam publicamente doutrina falsa que já estava "pervertendo a fé de alguns" (II Timóteo 2:17-18). Quão mais essencial seria a correção pública se modernos Himeneus e Filetos, autores de campeões de venda ou personalidades famosas da TV estivessem pervertendo a fé a milhões de pessoas! Em vez de dar prioridade e proteger a reputação de líderes cujos ensinos podem ser publicamente questionados, não deveríamos nos preocupar mais com os milhares e talvez milhões de pessoas a quem eles influenciaram? Tal atitude deveria caracterizar todo líder que é, de fato, um homem ou mulher de Deus. (…)

Fala-se muito de amor, como se este eliminasse a correção.

Então, baseado em João 7:24 e aplicando II Timóteo 4:1-2, gostaria de apresentar as atuais e supracitadas acusações de culto (idolatria) a um ser humano, deturpação da Palavra de Deus, falsas profecias, louvor a satanás e perversão de membros do corpo de Cristo.

Volto a ressaltar que nada disso é crime conforme a lei dos homens e não há necessidade de que eu vá "falar pessoalmente" com ninguém daquele ministério, pois isso somente se aplicaria se tivessem pecado contra mim… e isso eles não fizeram, pelo menos não de forma individual.

A pena correta seria extraída também da Palavra de Deus:

Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo." (I Coríntios 5:9-13)

Esse seria o único procedimento bíblico correto, haja vista que tal ministério já havia sido exortado desde o ano de 2006 e, ao contrário do esperado arrependimento, optou por permanecer chafurdando na lama, escarnecendo não apenas da Palavra, mas do próprio Deus Criador dos céus e da terra. Aplica-se a este ministério e todos aqueles com e por ele envolvidos a Palavra:

 "E quando alguma pessoa pecar, ouvindo uma voz de blasfêmia, de que for testemunha, seja porque viu, ou porque soube, se o não denunciar, então levará a sua iniqüidade." (Levítico 5:1)

"Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o, sabendo que esse tal está pervertido, e peca, estando já em si mesmo condenado." (Tito 3:10-11)

Diante dessas recomendações e conforme Ezequiel 3:17-21, os cristãos verdadeiros que tomarem conhecimento de tais acusações e recomendações bíblicas, deveriam tornar-se também responsáveis pela apresentação de tais fatos aos que ainda não souberam ou não tiveram acesso a estas informações.

Sei muito bem que todos os procedimentos acima, apesar de corretos, são utópicos e, diante do cumprimento do quadro profético bíblico, digo mais: nem mesmo esse análise vai impedir o crescimento desse ministério, pois estes estão entre os TESSALONICENSSICAMENTE enviados por Deus para cumprir as profecias. Em breve realizarão sinais e prodígios para que cada vez mais pessoas sejam atraídas pelas doutrinas que pregam e, muito provavelmente, por causa destas minhas palavras serei perseguido quando o objetivo pelo qual trabalham se concretizar!

Sabendo que minha função como cristão é permanecer vigiando e alertando, no tempo certo apresentarei mais fatos documentados a respeito de outros mais que ainda estão agindo por aí de forma torpe, desencaminhando milhões que poderiam trilhar as veredas da justiça na direção das entranhas do inferno. Caso queira deixar alguma denúncia ou comentário, por favor, clique aqui.

As profecias estão inexoravelmente se cumprindo. E você? Quer ser mais um bobo alegre conduzido por ministros da apostasia? Ou pretende conhecer verdadeiramente a Palavra do Deus Vivo e ser salvo?

LINK CURTO PARA ESTA POSTAGEM:
http://bit.ly/afundando

Teóphilo Noturno