Drop Down Menu

Creative Commons License
Texto sob licença Creative Commons

HIT PARADE GOSPEL

QUANTA IDIOTICE VOCÊ TEM OUVIDO?

ESTE TEXTO FOI DIVIDIDO EM 12 PARTES:


10º LUGAR

9º LUGAR8º LUGAR7º LUGAR6º LUGAR

5º LUGAR

4º LUGAR3º LUGAR2º LUGAR1º LUGAR
PERSPECTIVASCONCLUSÃO

Pensei em criar um artigo no estilo do "Absurdário Gospel" em relação às músicas que muitos costumam chamar de "louvores", mas que acabam nem servindo ao objetivo ao qual se propõem. No absurdário a simples apresentação de cada episódio já justifica o nome, porém percebi que a simples apresentação das músicas não seria o suficiente para explicitar as deturpações e, por isso, julguei necessário prover a devida refutação / explicação bíblica para que os incautos não continuem iludidos em seu "mundinho de avestruz".

As pesquisas para algo que, inicialmente, deveria ser uma simples postagem de final de semana no blog  foram se tornando tão mais extensas que o imaginado que, no final das contas, acabaram tendo que se tornar uma análise aqui, no site principal.

Isso, infelizmente, só prova que o "mundo gospel" tem ido de mal a pior… e sem perspectivas de recuperação.

ANTES DE COMEÇAR

Para “alegrar” (????) este final de semana, decidi mostrar uma seleção com as “melhores” (???) músicas gospel que já se forçaram por meu ouvido adentro desde a época em que não era Teóphilo. Mesmo como mero esquentador de banco já ficava alarmado com algumas discrepâncias e incoerências das letras em relação à Bíblia.

Acho que foi por aí que começou esse meu ministério de análise e refutação e a culpa é toda do incompetente e ganancioso que um dia chamei de “meu” pastor, pois além de permitir que executassem qualquer música na frente da igreja, mesmo quando alertado sobre os fatores de erro, preferia não baní-la… porque “agradava os jovens”, especialmente sua filha, que (só durante estas pesquisas percebi) se julgava a reencarnação em vida da Ana Paula Valadão.

Fiquei surpreso pela descoberta dessa nociva veneração, mas isto provou a mim mesmo que não sou preconceituoso em relação ao "Ministério Diante do Trono": apesar de já ter apresentado muitas das heresias que praticam e propagam, não sou ouvinte de seus trabalhos e algumas das músicas cujo CONTEÚDO sempre foi objeto de total discordância (letra da música x Bíblia) fazem parte de seu extenso repertório sem que eu nem mesmo soubesse!

Essa postagem contém muitos vídeos e pode ser de difícil visualização para aqueles que não possuem banda larga.

10º LUGAR - TEMPO DE FESTA (DIANTE DO TRONO)

Essa música foi uma das primeiras que me chamou a atenção e até poucos instantes atrás nem sabia que era mais um trabalho dos afogados: como podemos estar vivendo um tempo de festa se estamos testemunhando o princípio das dores?

A música pode ser “alegrinha”, mas seu conteúdo é ilusório, mentiroso e nem deveria ter sido cantada nas igrejas sérias… a celebração ao Senhor Jesus Cristo deve ser em espírito e em verdade, muitas vezes em momentos de tristeza e dor, pois em tudo devemos dar graças (1 Tessalonicenses 5:18) por sabermos que todas as coisas colaboram para o bem daqueles que amam a Deus (Romanos 8:31).

Ser tirado do pecado pode sim dar alívio, refrigério e paz. Mas contemplando as profecias que hão de se cumprir neste mundo, acho que seria no mínimo desrespeitoso e, sem dúvida, sarcástico a promoção de festa e alegria por causa, por exemplo, dos terremotos do Haiti e do Chile.

Não sou eu quem contraria os afogados sobre o que dizem ser “um tempo de festa”, mas aquele que teve suas palavras transcritas na passagem abaixo:

“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” (Mateus 24:21-22)

Os discordantes, por favor, podem se dirigir a Ele!

9º LUGAR - TOQUE NO ALTAR (TOQUE NO ALTAR)

Supra-sumo dos rejudaizantes! Incentiva seu público, um bando de jovens que da Bíblia só conhece o nome, a praticar rituais como tocar a arca, a queima de incenso, sacrifícios no fogo,… até mesmo o sacrifício pessoal na cruz!

Uma letra sem maiores explicações que manda “tocar no altar” para que se alcance um suposto “favor do rei”…

Todo aquele que crê será salvo, conhecerá a Verdade e esta mesma Verdade o libertará… não é favor, pois isto se fica devendo, mas é a maravilhosa e imerecida graça do Senhor Jesus Cristo!

Depois vamos ver gente reclamando da IURD e seus absurdos mantos, arcas, lenços… está tudo citado e apoiado nessa música que nunca mereceria ser chamada de “louvor” e muito menos executada nas empresas eclesiásticas!

8º LUGAR - O MELHOR DE DEUS ESTÁ POR VIR (KLÉBER LUCAS)

O mercado de música gospel é uma coisa ridícula: a obrigação de lançar material regularmente leva a uma busca desesperada por novos temas enquanto a acirrada competitividade os extingue.

Os fãs não gostam de ver seu ídolo levita falando sobre a mesma coisa que algum outro grupo ou cantor… podem achar que é “falta de inspiração” e até, que horrível, parar de comprar!

Então, para se “inspirar”, os “grandes” compositores vão até suas caixinhas de “preciosas promessas” e usam o primeiro papelzinho que aparecer para fazer um “louvor”. Deve ter sido esse o caso dessa música inspirada em Joel 2, mas de forma completamente equivocada, vejam:

“Não temas, ó terra: regozija-te e alegra-te, porque o SENHOR fez grandes coisas. Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a vide e a figueira darão a sua força. E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a serôdia. E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite. E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós. E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado. E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o SENHOR vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado. E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito. E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR. E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar.” (Joel 2:21-32)

Aí temos uma profecia sobre o final dos tempos com destaque específico para os “filhos de Sião”, ou seja, os israelitas.

Os gentios, animais do campo, não são esquecidos e recebem discretamente a promessa do evangelho e da salvação, mas fora tudo o que se relaciona ao povo judaico, o núcleo da passagem é completamente apocalíptico, ou seja coisas terríveis que se abaterão sobre a terra e que de maneira alguma deixarão de se cumprir!

Diante desta clara perspectiva, “o melhor de Deus” já veio e se chamou Senhor Jesus Cristo que, um dia, será também reconhecido como messias pelo seu próprio povo… mas antes eles serão enganados pelo anticristo por algum tempo.

Isso significa que, para este mundo, não há nada melhor que o Senhor Jesus Cristo e tolos são aqueles que ficam repetindo o mantra “o melhor de Deus ainda está por vir”… porventura estarão com isso se referindo e esperando um outro cristo? Uma outra salvação?

Para este mundo só há expectativa de assombrosos prodígios no céu e na terra, sangue, fogo e colunas de fumaça… exatamente de acordo com Mateus 24:21-22 (citado na primeira música).

Resumindo: letra furada, teologia podre, mensagem enganosa… e bolso cheio! Mamom Rules!

7º LUGAR - OUVE, SENHOR (DIANTE DO TRONO)

Seguindo a linha de raciocínio para composição apresentada na música anterior, desde a primeira vez que ouvi esta música achei o ritmo “quadrado”… uns tempos quebrados que me davam a impressão da música não fluir “redonda”, suave.

Nada a ver com cerveja, mas essa é uma das características típicas em músicas feitas sob encomenda e pressão, muitas vezes para encher espaço em um álbum.

Novamente não sabia que eram os afogados que cantavam e só agora, ao realizar esta pesquisa, descobri isso, ou seja, acabo de ter plena certeza de que não gosto, musicalmente falando, de Diante do Trono! Já os achava um lixo em relação ao testemunho e às mensagens que pude analisar… e agora o quadro está completo.

Mas nessa música eles foram buscar inspiração (???) em Isaías 37, quando o rei Ezequias ora ao Senhor pedindo livramento para Israel (EXCLUSIVAMENTE!) e usa essas tais “palavras proféticas” em relação à mensagem que lhes foram entregues por Rabsaqué, enviado pelo rei da Assíria… resumindo: nada que se aplique de maneira alguma a nós, gentios brasileiros e a mais nenhum outro gentio, ou seja, foi um episódio muito interessante na época em que ocorreu, mas agora não passa de lixo profético contemporâneo!

De acordo com a Bíblia, o Senhor Deus não mais agirá de maneira análoga a essa passagem: vivemos em tempo de graça para ímpios e justos e o julgamento só virá quando do retorno do Senhor Jesus Cristo. Ninguém mais será escravizado com anzóis no nariz e freios na boca por escarnecer ou ser arrogante… vide os próprios afogados, que deturpam, promovem enganos e, como prêmio, estão cada vez mais populares e cheios de dinheiro dado pelas pessoas que os idolatram!

O próximo julgamento a ser pronunciado pelo Senhor Deus será em relação àqueles que, se fazendo de cristãos, não buscam conhecer e cumprir a Palavra:

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” (Mateus 7:21-23)

Não sou eu quem está inventando isso… vão reclamar com Aquele que disse!!

6º LUGAR - LABASSURIODERRA (GRAÇA RAMALHO)

Saindo um pouco do tema "rejudaização", nos deparamos com essa incrível música que foi buscar inspiração em… em… em que mesmo?

Por incrível que pareça, sem NENHUMA BASE BÍBLICA para sustentar sua invenção, Graça Ramalho nos ataca com uma composição digna das viagens transcedentais feitas por usuários das drogas psicotrópicas mais pesadas!

É importante observar que até agora todas as críticas visavam apenas o conteúdo das músicas, mas não podemos deixar passar em branco o duvidoso gosto ritmico e melódico dessa obra, assim como as técnicas de canto (no mínimo) assombrosas!

Não restam dúvidas de que esse tipo de material só vende porque foi criado um verdadeiro "curral gospel" que, incapaz de exercitar seu discernimento e assombrado por uma suposta maldição das "músicas do mundo", acaba comprando lixo como esse pela total falta de opções e, ainda por cima, tendo convicção de que estará sendo abençoado…

Testemunhem agora a operação de um verdadeiro milagre musical:

Fiquei impressionado em como estes rapazes conseguiram transformar lixo musical em algo até bonito… eles são musicalmente bons, mas, infelizmente, o conteúdo da música permanece inclassificável.

Se beleza fosse sinal de santidade, a famosa "Imagine", de John Lennon, seria um hino de louvor e adoração. Veja o link e descubra a quem ela está adorando…

5º LUGAR - ROMPENDO EM FÉ (COMUNIDADE EVANGÉLICA INTERNACIONAL DA ZONA SUL)

E eu cantava isso com o maior fervor… a maior sinceridade!

Até o dia em que parei para ver que ninguém, mas NINGUÉM MESMO, tem autorização do Senhor Deus para mover o sobrenatural senão Ele próprio!

Fui procurar na Bíblia e não encontrei uma passagem sequer que mostrasse alguém MOVENDO O SOBRENATURAL… e muito menos com ousadia! Na Bíblia todos os exemplos sobrenaturais foram testemunhados e descritos, mas quando ocorreram houve sempre a orientação direta por parte do Senhor Deus… aliás, teve um que decidiu por si só e com muita ousadia mover o sobrenatural além do que lhe fora instruído por Deus! Veja como foi:

"E o SENHOR falou a Moisés dizendo: Toma a vara, e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha, perante os seus olhos, e dará a sua água; assim lhes tirarás água da rocha, e darás a beber à congregação e aos seus animais. Então Moisés tomou a vara de diante do SENHOR, como lhe tinha ordenado. E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: Ouvi agora, rebeldes, porventura tiraremos água desta rocha para vós? Então Moisés levantou a sua mão, e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saiu muita água; e bebeu a congregação e os seus animais. E o SENHOR disse a Moisés e a Arão: Porquanto não crestes em mim, para me santificardes diante dos filhos de Israel, por isso não introduzireis esta congregação na terra que lhes tenho dado." (Números 20:7-12)

Hoje em dia podemos afirmar sem medo: aqueles que julgam poder mover o sobrenatural por si próprios são bruxos e feiticeiros, ou seja, mesmo não reconhecendo são "auxiliados" por satanás e seus anjos.

Moisés, o maior profeta de Israel (vide Deuteronômio 34:10) deixou de entrar na terra prometida "só" porque achou que podia mover o sobrenatural com ousadia… e os autores dessa música incentivam que façamos o mesmo? Só podem ser loucos! Ensinan feitiçaria dentro das igrejas e se esquecem do que diz a Palavra de Deus:

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte." (Apocalipse 21:8)

Vai! Siga a recomendação deles e assuma o risco de não entrar no reino dos céus!!

Para piorar a mentira eles ainda ignoram o exemplo do mártir Estevão e criam uma "condição" estapafúrdia como parâmetro para a ação de Deus: "Se diante de mim não se abrir o mar, Deus vai me fazer andar por sobre as águas"… deplorável!

Se, em uma condição extrema onde haja o real risco de vida, um dia qualquer cristão genuíno se encontrar perseguido por inimigos até que esteja diante uma barreira (águas tão profundas ou um precipício) que não permita a passagem… o Senhor Deus não tem obrigação nenhuma de livrar seu corpo de perecer!

É óbvio que ele tem o poder para isso… mas isso iria servir para demonstrar a real fé que um cristão deve depositar na vida eterna? Se os primeiros cristãos eram atirados aos leões e, ainda assim, cantavam hinos, porque o Senhor Deus iria livrar sua cara?porque te achou bonitinho cantando "Rompendo em Fé"? Não seria muito mais proveitoso que o seu perecimento servisse como fator de conversão genuína para seus perseguidores, assim como Estevão foi para Paulo?

Tolo é quem pensa que há alguma promessa bíblica para os gentios em relação a milagres e sobrevivência…

"Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 8:32-39)

"Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho." (Filipenses 1:21)

Mais uma música que soa tão bela… mas não passa de lixo teológico! Como são capazes de classificar isso como louvor? Estão querendo empurrar a mentira para dentro dos ouvidos do Senhor Deus?

Se, de acordo com o pedaço de cartaz exibido ao lado, "O louvor é a flecha e o Céu é o alvo"… tudo indica que todas as "flechas" enviadas ao cantar essa música ficaram presas na base do gazofilácio!

A placa da imagem é uma das poucas coisas que tem minha integral concordância, pois, sem dúvida, essa é uma verdadeira PARADA (stop!) na Palavra de Deus (God Spell = Gospel): heresia, deturpação, incentivo à feitiçaria… isso de forma alguma chega nem perto do Senhor Deus!

4º LUGAR - OS SONHOS DE DEUS (LUDMILA FERBER)

Quem me disser onde, na Bíblia inteira, está a passagem que apresente algum compromisso assumido pelo Senhor Deus para com os homens em relação à realização de sonhos, por favor, me mostre com urgência! Não aguento mais ter que ouvir esta baboseira de que "Deus está restaurando seus sonhos…"

Se formos analisar criteriosamente, quase todos os personagens bíblicos NÃO TIVERAM seus "sonhos" realizados da forma mentirosa e manipuladora que essa canção promete:

Moisés, que por algum tempo foi o "príncipe do Egito", será que sonhou em tirar umas férias de 40 anos no deserto? Pior ainda, o principal sonho que realmente teve, o de entrar na terra prometida… não se realizou (como já mencionado anteriormente) e ele só pôde ficar olhando, de longe!

Sansão com seus cabelos mega-power… realizou seus sonhos?

Vejam Salomão e toda a sua sabedoria… ele até realizou o sonho da nação de Israel, que era estabelecer o Templo, mas… como terminou sua vida? Será que seu sonho se realizou ao ter o seu reino rasgado (vide 1 Reis 11)?

O apóstolo Paulo, cidadão romano, esse sim teve seus sonhos realizados: apanhou feito boi ladrão, foi preso… passou até necessidade!!!

Fora toda uma lista de pessoas que morreram apedrejadas, decapitadas… o próprio Senhor Jesus Cristo "sonhou", por um brevíssimo momento, que o cálice de seu sacrifício pudesse ser evitado!

Acho que Deus não está ligando muito e nem nunca ligou para os "sonhos" de nenhum ser humano… e, por acaso, tem até alguma coisa na Bíblia falando sobre isso:

"O coração do homem planeja o seu caminho, mas o SENHOR lhe dirige os passos." (Provérbios 16:9)

"Há um caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte." (Provérbios 16:25)

"E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências." (Gálatas 5:24)

"Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores." (1 Timóteo 6:8-10)

É claro que o Senhor pode permitir a realização dos sonhos de um cristão, mas isso não é e nem nunca foi promessa ou pacto assumido por Ele e nunca deveria ser a base para um suposto "louvor" que, ainda por cima, inventa um monte de unções que nunca foram citadas na Palavra… talvez porque a única unção de que nós, gentios, necessitemos e disponhamos seja a ação do Espírito Santo em nossas vidas! E essa ação é multiforme e poderosa, sendo nos dada diretamente pelo Senhor e de acordo com Sua soberana vontade! Quem leu o estudo "Óleo de Unção" vai entender melhor o que estou querendo dizer…

Deus é Fiel? Sem dúvida! É tão fiel que nos concedeu a existência de Sua Palavra, para que consultássemos e soubéssemos identificar quando os lobos vorazes chegariam e, assim como a serpente convenceu Eva, tentariam nos convencer do "valor" de nossos sonhos!

Diante de tais evidências, podemos concluir que, mais uma vez, este é mais um exemplo de lixo teológico repleto de boas intenções, palavras "positivas"… e totalmente carente de amparo bíblico para existir!

Os sonhos que estão se realizando por causa de louvores como esses são os de seus "geniais" e "inspirados" compositores e cantores, que estão enchendo os bolsos por falar mentiras e, por tabela, conduzir milhares de incautos à idolatria e à perdição.

12/12/2010: Só para confirmar a inutilidade e a malignidade tanto da canção quanto da intérprete, nesta data ela se apresentou no "domingão do Faustão", usando calças de homem e em "harmonia" com um padre. Resultado: influências estimulantes tanto ao homossexualismo quanto ao ecumenismo.

UM MINUTO DE INTERVALO…

Até aqui já vimos sete músicas no estilo "sepulcro caiado", ou seja, mantêm um aspecto de louvor apesar de seu conteúdo apodrecido.

A partir de agora veremos as deturpações mais grotescas do que deveria ser o louvor prestado ao Senhor Deus: a aplicação de recursos completamente incompatíveis com a Palavra em uma tentativa do ser humano justificar-se através de suas "boas intenções" ou "boas ações".

Vale a pena lembrar que assim como o próprio satanás nunca alcançará a salvação, nada que tenha sido criado para adorá-lo pode ser, como dizem por aí, "resgatado": alguns ritmos foram planejados desde o início do mundo na intenção de alterar o estado de consciência e colaborar no processo de possessão (mental, emocional e / ou espiritual) do ser humano. Ritmos que faziam parte de um provável culto satânico original que se desfez na época da Babilônia e muito em breve estará reintegrada e ativa para coroar a revelação do anticristo.

Esse é um dos temas que serão abordadoa mais a fundo no "livro multimídia" que estou preparando: para o pleno esclarecimento dos assuntos abordados contará com vídeos e áudios… mas isso exige tempo, trabalho e recursos, coisas que, em minha atual situação, são escassas: quem me acompanha sabe que, ao contrário das mega-estrelas aqui apresentadas, passo por um período de intensa necessidade.

Não vou repetir aqui meus problemas e convido àqueles que estiverem em condições e se sentirem tocados a colaborar que se informem melhor clicando neste link… e tenham a certeza de que falar a Verdade não traz facilidade e nem lucro e nem muitos amigos.

Voltemos agora com as três representações artísticas campeãs do "Hit Parade da Apostasia"!

3º LUGAR - COREOGRAFIA GAY DE "500 GRAUS", DE CASSIANE (IGREJA CONTEMPORÂNEA)

Para variar só um pouquinho, o terceiro colocado vai acrescentar a expressividade da dança à riqueza da música…

Quando começaram com essa história de "dancinha" no meio dos cultos muitos cristãos genuínos torceram o nariz por saber que o inimigo se infiltra sempre através das pequenas e aparentemente inocentes brechas: nem sempre "o melhor" que podemos oferecer serve como louvor, isso porque quem estabeleceu as regras que validam as formas de louvor, principalmente dentro do culto racional, foi o próprio Senhor Deus através de Sua Palavra.

Por incrível que pareça, o vídeo acima é a concretização de um dos temores que me ocorreu desde o início dessa "onda de dança", ao ver um de meus sobrinhos dançando de maneira muito semelhante dentro da igreja… e gente como Rick Warren é culpada por isso ao querer transformar os locais que deveriam ser de culto em grandes centros de entretenimento.

O movimento homossexual vem forçando as correntes para se estabelecer e, óbvio, as empresas eclesiásticas não poderiam ficar fora de sua área de influência: na Inglaterra, por força da lei, as empresas eclesiásticas estão sendo forçadas a contratar homossexuais ativos para seus quadros de funcionários. Porque no Brasil vai ser diferente?

Só para não deixar passar em branco, a letra dessa música da Cassiane foi criada totalmente fora da Palavra e, com certeza, seus compositores devem tomar os mesmos psicotrópicos que os da Graça Ramalho. Essa música descreve, com perfeição, a balbúrdia do perfeito "culto irracional".

2º LUGAR - FAZ UM MILAGRE EM MIM (REGIS DANESE)

Escolhi um vídeo de animação porque desde o meu primeiro contato com essa música tudo o que se relaciona a ela parece que é mentira, a começar pela confusão bíblica provocada intencionalmente por seu compositor (recomendo texto do pastor Ciro Zibordi sobre o tema) e depois as diversas adaptações feitas à musica, com trilhas melódicas totalmente discrepantes do que pode ser considerado "louvor ao Senhor Deus".

Notem que mesmo nessa "inocente" montagem com animação, os personagens fazem movimentos altamente sensuais, condizentes com o ritmo do momento e chamado de "funk".

Buscando maiores informações para fundamentar meu futuro livro, já conversei com dois músicos sobre uma questão assaz curiosa: a percussão do funk não passa de uma macumba sampleada! Basicamente seu tempo foi acelerado, mas a sobreposição dos áudios até que se igualassem as batidas mostrou uma espantosa igualdade.

As pessoas contemporâneas não são nem capazes de ler direito, quanto mais de reconhecer padrões musicais sutilmente popularizados e reforçados com o forte apelo sexual das letras, geralmente pornográficas ou fazendo apologia ao crime, e complementadas com técnicas de repetição que, no fundo, não passam de mantras.

Ou seja, temos três fatores totalmente condenáveis juntos para formar um "movimento" ainda mais pernicioso e totalmente incompatível com o que deve ser o louvor, uma parte indissociável do culto racional.

Essa música presta um desserviço ao evangelho quando, por sua popularidade, fornece a sensação de "missão cumprido" a pessoas que nem "triscaram" no que deveria ser a adoração em espírito e em verdade. Eu próprio pude testemunhar um adepto da umbanda que, quando ouviu os acordes iniciais dessa música, fechou os olhos e disse: "agora vamos louvar a Deus"… seria maravilhoso se ele não fosse, imediatamente após isso, se preparar para fazer um despacho na encruzilhada! Como alguém que não conhece Deus pode ser "evangelizado" enquanto bebe, fuma e assiste mulheres requebrando sensualmente e movendo os traseiros no "estilo funk" (que, sinceramente, parece muito uma simulação do ato de defecar…)? Vejam um exemplo de quase tudo o que digo no vídeo abaixo:

A Palavra de Deus diz:

"De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim. Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa? Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce." (Tiago 3:10-12)

Amados, não se pode servir dois senhores ao mesmo tempo… ou se serve ao Senhor Jesus Cristo ou se entrega às concupiscências da carne e à possessão por demônios!

AO VENCEDOR… A APOSTASIA!

Não consegui classificar um concorrente como "o pior", pois estão sendo divulgados os mais variados tipos de enganos e discrepâncias "em nome de deus", mas não d'O Senhor Deus, pois Este nos deixou Sua Palavra como parâmetro de comportamento, justiça e julgamento.

Vergonha há para os pais que se afirmam cristãos e permitem que seus filhos se "divirtam" ouvindo o ritmo da macumba e fazendo movimentos sensuais. Até podem alegar que "é melhor que façam dentro da "igreja" que no mundo", mas… porventura o objetivo da Igreja é ficar fazendo de tudo para segurar os pecadores (que de forma alguma permaneceriam ali se não conseguissem satisfazer suas perversões e concupiscências) ou servir e agradar ao Senhor Deus?

Não imaginem que estou exagerando, pois vou provar o que digo através de três vídeos:

No primeiro, um grupo de "louvor" dança uma "música" com referências diretas ao ato da penetração sexual (). É uma letra mal e porcamente adaptada para iludir os incautos, uma versão "santificada" onde na primeira parte se usa a palavra "céu", mas no final não resiste e se revela: "se você não for pro céu, satanás créu!"… isso está sendo realizado DENTRO de uma empresa eclesiástica e, inclusive, o público também é filmado acompanhando tudo com bastante animação.

No segundo vídeo podemos observar a postura de um cantor de "funk gospel" durante um show. Prestem atenção no que se ouve após ser dada a ordem "só na percussão"… alguém pode me dizer o que é isso sendo executado?

Inclusive, na página original deste vídeo há um "lindo" comentário que revela perfeitamente que não existe mais sequer a separação entre o sagrado e o satânico. Transcrevo:

deram mole nesse video aki…só musica de fora da igreja..pq não mostram o q tocaram lá na roça? tem até proibidão na trilha ,parapapapapa,tugudugutu,tdo proibidão…deram mole nesse!

Se entendi direito, no show eles são "gospel", mas para appresentar seu trabalho se utilizam até do tal "proibidão", que, na gíria dos funkeiros, significa uma música com referência direta aos criminosos que comandam a favela e outras apologias ao mundo do crime ou do sexo explícito. Só um pequeno detalhe: esse evento foi promovido pela igreja bola de neve…

No terceiro testemunhamos que enquanto o funk disfarça (muito mal) a macumba que é sua base, algumas instituições decidiram acabar com os disfarces e assumir diretamente que dançam é macumba mesmo!

Não há vencedor, pois a cada minuto surgem idéias cada vez piores que só contaminam e destroem irreversivelmente o conceito do louvor praticado pela humanidade. Tal degradação, em aspecto amplo, não tem mais solução e isto, por mais triste que pareça, acaba cumprindo com perfeição as profecias bíblicas sobre a apostasia que se instauraria no final dos tempos, ou seja, isto não é (ou não deveria ser) surpresa para aqueles que conhecem a Palavra de Deus.

O resgate pode até ocorrer, mas de forma restrita e, praticamente, individual: a mente das multidões foi condicionada a não se esforçar e a não buscar o discernimento das práticas que são adotadas coletivamente. Para piorar, são ainda mais susceptíveis à contaminação que vem "de dentro", ou seja, do próprio meio evangélico, soando como músicas evangélicas tanto em melodia quanto em fraseologia… mas que não passam de aberrações teológicas servindo apenas para afastar quem as canta da Verdade, convencendo e banalizando uma maioria cega de que tudo isso "sempre foi assim".

PERSPECTIVAS

O que nos resta então?

De uma coisa podemos ter certeza: aguardar um suposto "momento de comunhão" para "louvar" com as músicas descritas nesta análise (e outras que seguem o mesmo modelo) DEFINITIVAMENTE não é algo que edifique o corpo de Cristo. Apesar da "intenção de louvor" e da concordância entre as pessoas ali presentes, parece que, novamente, a Palavra de Deus já havia previsto tal movimento… desde o Velho Testamento:

Será também como o faminto que sonha, que está a comer, porém, acordando, sente-se vazio; ou como o sedento que sonha que está a beber, porém, acordando, eis que ainda desfalecido se acha, e a sua alma com sede; assim será toda a multidão das nações, que pelejarem contra o monte Sião. Tardai, e maravilhai-vos, folgai, e clamai; bêbados estão, mas não de vinho, andam titubeando, mas não de bebida forte. Porque o SENHOR derramou sobre vós um espírito de profundo sono, e fechou os vossos olhos, vendou os profetas, e os vossos principais videntes. Por isso toda a visão vos é como as palavras de um livro selado que se dá ao que sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não posso, porque está selado. Ou dá-se o livro ao que não sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não sei ler. Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído; Portanto eis que continuarei a fazer uma obra maravilhosa no meio deste povo, uma obra maravilhosa e um assombro; porque a sabedoria dos seus sábios perecerá, e o entendimento dos seus prudentes se esconderá. Ai dos que querem esconder profundamente o seu propósito do SENHOR, e fazem as suas obras às escuras, e dizem: Quem nos vê? E quem nos conhece? Vós tudo perverteis, como se o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse do seu artífice: Não me fez; e o vaso formado dissesse do seu oleiro: Nada sabe. (Isaías 29:8-16)

Essa passagem pode ser aplicada a todas as nações, fora Israel… fico impressionado como o Senhor revelou ao profeta Isaías como viria a ser, com exatidão, o comportamento de muitos gentios. Fico imaginando todos esses que deturpam a Palavra para criar seus "sucessos", conduzindo ao engano a multidão de cegos que lhes enchem os bolsos e, talvez, até sentindo algum peso de culpa, mas encontrando alento ao pensar que ninguém os está vendo praticar a corrupção e satisfazer sua ganância.

Todas essas transgressões cometidas em nome da "modernidade", da "conteporanização"… toda essa "liberdade" e "extravagância" que de repente foram descobertas como a "reinvenção" do louvor, significam o abandono e a ridicularização de um modelo que funcionou por quase dois mil anos em nome de uma "aproximação" com o mundo e com os pecadores. Tudo isso não passa de lixo e foi condenado desde o livro de Provérbios!

Não removas os antigos limites que teus pais fizeram. (Provérbios 22:28)

Não removas os limites antigos nem entres nos campos dos órfãos, Porque o seu redentor é poderoso; e pleiteará a causa deles contra ti. (Provérbios 23:10-11)

Agora os limites já foram removidos e temos um louvor com base satânica, ou seja, inaceitável para Deus: louvor heavy metal, louvor axé, louvor funk… para que servem tantas vertentes? Somente se for para o agrado dos homens, porque o Senhor Deus não mudou, não muda e nem mudará!

O homem, para salvar-se, deve converter-se ao Senhor Deus e nunca imaginar o contrário: que pode converter o Senhor Deus a encaixar-se em suas concepções e subjetividades, por mais bem intencionadas e convincentes que estas possam parecer. A estes uma multidão seguirá, mas seus caminhos levam direto ao inferno!

Mas… o que ouviremos agora?

Para que essa indústria podre pudesse funcionar, houve primeiramente a criação de um "curral" através da invenção de que "o cristão só poderia ouvir louvores", pois todo o resto seria "maligno"…

Diante das provas apresentadas nesta análise, temos hoje "louvores" muito mais perniciosos (pelo modo como deturpam a Palavra de Deus) do que certas "músicas do mundo".

O Senhor Deus não criou o homem para viver em constante e ininterrupto culto, louvor e adoração. O homem foi criado para viver e, de forma consciente, administrar o tempo que tem em sua vida para as mais diversas atividades cotidianas, entre elas algumas que têm o único objetivo de lhe causar prazer ou alívio: tomar banho, comer doce, ir ao banheiro, ouvir música… tais coisas podem ser feitas e não há condenação alguma, desde que possamos discernir exatamente o que estamos praticando.

Ao observar uma festa judaica, por exemplo, vamos encontrar ali várias músicas de sua cultura que de forma alguma podem ser consideradas como "louvores". São músicas sobre amor, sobre amizade, sobre alguma história… e são cantadas para expressar as mais diversas emoções.

Tais possibilidades musicais, de algum tempo para cá,  foram gradualmente sendo condenadas na vida dos gentios que se convertem ao cristianismo, mais especificamente aos evangélicos: tudo que se relaciona a música só pode ser "gospel"! Essa é uma das mentiras mais perniciosas que já foram propagadas!

O pior é que essa invenção "colou" pelo fato do povo ter preguiça de pensar, de assumir a responsabilidade de discernir o que é cotidiano do que pode ser profano e, na lei do menor esforço, preferiu acreditar em seus líderes e deixar que estes passassem a indicar tudo o que deveriam consumir: louvor alegre, louvor romântico, louvor "de guerra"… gente! Isso não é mais louvor! É um mercado paralelo resguardado sob a ameaça gravíssima de que sair desse curral significa cometer um "pecado"!

Foram essas restrições que permitiram a criação de um mercado grande o suficiente para absorver a produção de uma indústria cuja qualidade (técnica, criativa…) era muito inferior ao do mercado tradicional e, se comparada, jamais conseguiria concorrer nos mesmos termos.

Hoje somos forçados a admitir que a qualidade técnica melhorou, mas o conteúdo se esvaziou na proporção inversa: só temos lixo e mais lixo sendo produzido… mas como soa bonito esse lixo! Hoje o "louvor", para suprir a demanda de mercado, se prostituiu e traz tudo o que possa existir de profano para ser consumido sob o selo "gospel".

Amados irmãos, minha única intenção ao concluir esta análise é incentivá-los a exercitar seu discernimento sobre toda e qualquer forma de expressão musical que lhes for apresentada! Qual a diferença entre a música "Pelo Avesso", dos Titãs (tema de abertura da novela global das dezenove horas) e o incentivo a feitiçaria encontrado em "Rompendo em Fé"?

Da próxima vez que estiver em alguma igreja, até mesmo a sua, e começarem a executar esse tipo de músicas, por favor… lembre-se do que lhe foi apresentado neste texto e reflita se esse é o louvor que será recebido pelo Senhor Deus ou se você está ali apenas participando de um show que agrada bastante ao público, mas apenas, no fundo no fundo e como se diz na gíria, "batendo palma para maluco dançar"?

Não adianta me escrever pedindo opinião sobre músicas que não conheço, pois esse é um trabalho que deve ser feito exclusivamente por vocês próprios, caros irmãos leitores: não é fácil discernir, não é fácil estar atento, não é fácil ser cristão… onde está escrito que neste mundo não teríamos aflições?

Lembrem-se: vocês são inteiramente responsáveis pelo que ouvem: se querem comer chocolate, comam! Se querem tomar banho, muito bom! Se querem ouvir música… por favor, prestem bastante atenção no que vão ouvir e não tomem parte em idéias levianas ou profanas!

Não é o simples fato de ouvir músicas tendo plena consciência de que aquilo NÃO É ADORAÇÃO e está sendo feito única e exclusivamente para sua satisfação pessoal que vai trazer condenação para a vida de um cristão. A condenação está quando, no culto e no louvor (que deveriam ser RACIONAIS E CONSCIENTES), você passa a louvar qualquer outra coisa que não seja O Senhor Deus, Aquele que se faz revelar e conhecer através de Sua Palavra. Aí sim, adorar qualquer outra coisa diferente d'Ele… isso sim é pecado!

Agora, com sinceridade, me respondam: o que tem tocado nas igrejas?

Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura. (Isaías 42:8)

Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. (2 Tessalonicenses 2:3-4)

E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses. E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu. E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. (Apocalipse 13:4-8)

E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome. ((Apocalipse 14:9-11)

Se alguém quiser comentar ou apresentar uma análise de alguma outra música que não tenha sido inclusa nesta lista, fique a vontade para clicar aqui e comentar no blog "Este Mundo Jaz no Maligno", cujo título é intencionalmente chocante e desagradável, mas é uma verdade que se confirma a cada dia.

Que o Senhor Deus nos proteja nesses dias tão difíceis e tão cheios de armadilhas sutis e capazes de enganar, se possível, até mesmo os escolhidos.

Teóphilo Noturno