Drop Down Menu

Creative Commons License
Texto sob licença Creative Commons

U2

VOCÊ TAMBÉM… VAI CAIR NESSA?

ESTE TEXTO FOI DIVIDIDO EM 2 PARTES:


1ª PARTE

2ª PARTE


ANTES DE COMEÇAR

Quando coloquei esta análise pela primeira vez no ar, em fevereiro de 2006, não imaginava que seria um dos textos que mais gente traria até este site… na verdade, nunca pensei que os fãs do U2 fossem ficar tão ofendidos por seus ídolos estarem servindo como precursores do anticristo.

Não há nada demais ou exclusivo nisso, pois grupos como o Diante do Trono e pessoas de renome como Billy Graham têm feito exatamente a mesma coisa.

Alguns leitores criticam o fato de haverem pessoas "piores" como, por exemplo, Marilyn Manson, Sepultura, Metallica, Ozzy Osbourne, Raul Seixas… e eu escolher um grupo tão "inocente" quanto o U2!

Isso exige um raciocínio lógico: se diante de você estão dois copos d'água — um com água cristalina e outro com água turva e cheia de lodo — Qual dos dois iria escolher para beber?

O grande problema é que na água cristalina haviam duas gotas de veneno… e você iria passar muito mal em qualquer uma das duas opções! Se é que não morresse…

Da mesma forma meu critério de escolha é mostrar o veneno escondido, pois o que é sujo não precisa de muito trabalho para ser revelado.

No início eu ficava com pena dos revoltados… até comprei um livro falando sobre o U2, mas não tive paciência para ler, pois seguia o estilo "Rick Warren" de ser, ou seja, as "boas intenções" fazendo com que Deus seja obrigado a se adequar às pessoas…

Então, depois de muito discutir para provar que não tenho inveja da banda, me deparei com as seguintes passagens:

"E ele disse-lhes: A vós vos é dado saber os mistérios do reino de Deus, mas aos que estão de fora todas estas coisas se dizem por parábolas, para que, vendo, vejam, e não percebam; e, ouvindo, ouçam, e não entendam; para que não se convertam, e lhes sejam perdoados os pecados." (Marcos 4:11-12)

"E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido." (João 6:65)

Então agora, no ano de 2009, aprendi que não preciso ficar me preocupando excessivamente com o que vão pensar ou não da mensagem que apresento, pois meu fundamento não é outro senão os fatos (contra os quais não há argumentos) comparados com a Palavra (que é o único parâmetro que considero válido para julgamento).

Quem compreender para salvação, parabéns! Caso contrário, lamento muito…

PRECURSORES DO ANTICRISTO

Concordando ou não com isso, qualquer um (que não seja Testemunha de Jeová) tem noção de que este mundo tem um destino a ser cumprido: o desfecho de tudo começa com o retorno de Jesus Cristo, o julgamento da humanidade e culmina com a destruição da atual criação.

Não sou eu quem diz isso, mas a Bíblia apresenta profecias relacionadas a tais eventos desde o Antigo Testamento, tendo seu ápice no livro de Apocalipse escrito pelo Apóstolo João.

Não estou querendo dizer com isso que devemos deixar de ter um comportamento de preservação da natureza ou abandonar os problemas sociais… a única questão diante da qual não devemos nos dobrar em hipótese alguma é a aceitação do ecumenismo que, conforme veremos adiante no texto, está ganhando popularidade.

Já pude escrever diversos artigos abordando o tema “sinais do fim dos tempos” e sugiro que sejam conhecidos pelo leitor antes de prosseguir adiante. São eles: “O Termômetro do Fim”, “Um Plano Diabólico”, “Que Paz é Essa?” e “Uma Definição para Apostasia”.

Considerando agora que os leitores já têm noção de um pouco de tudo que está prestes a ocorrer, vamos falar sobre a (cada vez mais intensa) divulgação do vindouro reino do anticristo. Mais especificamente, vamos abordar aqui a visita do celebrado grupo irlandês de rock chamado “U2” (you too – você também) ao Brasil: sua agenda, seus símbolos e suas mensagens.

Na verdade, o grupo não importa muito, mas sim seu líder. Paul Hewson, popularmente conhecido como “Bono Vox”. Segundo informações da Wikipédia, cresceu vivendo a indefinição religiosa entre o protestantismo e o catolicismo, seu apelido significa, em latim, “Boa Voz”. “Bono”, em italiano, é uma gíria para “sexy”.

Eu pensava que ele era embaixador da ONU pela paz, mas não encontrei nenhuma referência a Bono Vox na lista vigente, porém descobri uma organização chamada “DATA” que parece pertencer ou ter sido criada por ele. Resumindo: o senhor “Boa Voz” atingiu tão elevada proeminência mundial que pode, inclusive, de acordo com sua própria disponibilidade, criar espaço na agenda do presidente do Brasil para que este possa atendê-lo… por mais que a imprensa divulgue que esse encontro estava agendado desde o ano passado!

Antes que venham me acusar de buscar sensacionalismo, saibam que, na verdade, esta pesquisa só veio ser feita após eu ter recebido um alerta, dado por um dos membros do grupo “A Espada do Espírito”, do qual faço parte:

Não sei se alguém aqui assistiu ao show do U2 ontem pela Rede Globo, e viu o que eu vi. Mas fiquei realmente espantado com o que aconteceu.

Lá pelas tantas, o Bono colocou uma faixa na cabeça com a palavra CoeXisT (Coexista)onde o C era a meia-lua islâmica, o X era o selo de Salomão (Hexagrama) e o T era uma Cruz… a frase apareceu no telão e, até aí, eu já estava escandalizado com a apologia ao ecumenismo.

Porém fiquei realmente estupefato foi quando na faixa, o T estava simbolizado com uma cruz INVERTIDA! Ou seja, numa mesma faixa o Bono conseguiu exibir três símbolos satânicos, e a "galera" vibrou…

De quebra, depois de passar umas três músicas com a faixa e de colocá-la como uma venda e sair caminhando como cego, ele "acidentalmente" corta o dedo e enfaixa com a dita cuja que fica ensangüentada…

Só isso já é suficiente pra mostrar de que lado Bono e Cia. estão!

Mas, pra fechar com "chave de ouro", no fim do show Bono coloca um terço católico no seu microfone e sai de cena. Quando a câmera dá um close no crucifixo o que vejo? O CRUCIFIXO VERGADO!!!!

É mole ou quer mais?

Espero que, depois dessa, aqueles cristãos que admiram o U2, e especialmente o Bono, reflitam sobre quem estão estimando…

Considerei a possibilidade de deixar algum tempo passar, mas justamente por ser mundano e recente o assunto abordado aqui vai servir mais do que perfeitamente como intervalo preparatório e explicativo da 2ª parte da série “afogados”, que lançarei em breve. Para quem gosta de multimídia, esta pesquisa é um prato cheio: está cheia de fotos e ainda tem um vídeo complementar. O legal de usar imagens que não são de minha autoria é que diante de fatos… não há argumentos.

Vamos analisar os fatos cronologicamente, conforme apresentados pela TV:

Antes de colocar a faixa, podemos observar que a cruz apresentada está desenhada de maneira correta… não que isso valide a mensagem propagada, mas também não indica a presença do símbolo satânico que é a cruz invertida.

Apesar de a faixa ter “surgido”, é altamente improvável que a mesma tenha sido feita às pressas, principalmente porque o tema “CoeXisT” é o núcleo da apresentação e terá até uma versão à laser (em português!) projetada dentro de mais alguns minutos.

Misteriosamente, depois de colocada na cabeça, a cruz nunca mais volta a ser apresentada de forma correta. Se eu fosse ser simplista, diria que foi mera coincidência… por causa de algumas dobraduras no pano. Porém vejamos uma seqüência de imagens para confirmar tal constatação:

Não posso julgar se esse fato foi planejado, mas que a cruz que originalmente estava correta se tornou uma cruz invertida… isso se tornou! A dobradura estratégica na parte superior (causando impressão de prolongamento) e a reentrância da parte inferior (servindo para encurtar) criaram eventualmente um símbolo satânico a ser exibido com certo destaque.

Há mais imagens que analisei, mas creio que as apresentadas acima servem como exemplos de momentos bem diversos.

Outro detalhe bastante curioso é que haviam legendas exibindo a tradução para o português das músicas sendo executadas, porém, durante “Sunday Bloody Sunday” elas não foram exibidas. Havemos de concordar que ouvir, traduzir e digitar em tempo real é algo que beira o impossível. Mas o que o cantor diz logo depois da exibição do grandioso “CoeXisTa” é bastante questionável se analisado através da ótica bíblica. Vejamos algumas das palavras ditas por ele e que pude entender claramente:

Jesus. Jew. Mohammed. It’s true. All sons of Abraham. Father Abraham, what have you done? Father Abraham… speak to your sons… Wipe the tears away [1].

O que foi isso? Ele tentou comparar Jesus Cristo a alguma outra coisa? Quis dizer que é tudo verdade?! Coitado! Pelo menos ele se assume como roqueiro e não usa o título “gospel”… isso permite o benefício da ignorância a respeito de João 14:6, onde está escrito:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

Tal desconhecimento já é problemático, mas a fala piora um pouco mais quando ele começa a questionar Abraão por seus atos… a pedir que ele fale com seus filhos (!!!). Ora, Abraão está morto (conforme Gênesis 25:8) e é incapaz de tomar quaisquer atitudes… quem terá suas lágrimas enxugadas pelo próprio Cordeiro serão primeiramente os santos e os mártires (Apocalipse 7:17) e, em um novo céu e uma nova terra (não mais estes que conhecemos) Deus fará isso de forma definitiva (Apocalipse 21:4).

Não posso exigir que um cantor do mundo saiba isso… mas posso muito bem puxar a orelha dos que se dizem servos do Senhor e ficam repetindo e suspirando por coisas absurdas como essas! Porque, ao invés de ficarem se entupindo de TV e músicas vazias, não vão estudar a Bíblia, hein? Tem muitas coisas que vocês devem aprender sobre as profecias… principalmente sobre a volta de Jesus!

Agora vemos esse rapaz se emocionando durante a profecia… opa! Achei que estava analisando o outro vídeo… esse aí é apenas um fã emocionado. Não que a idolatria seja algo aprovável…

Aliás, antes de prosseguir, tenho que relatar duas estranhíssimas constatações que fiz ao pesquisar sobre Bono Vox:

  1. Described by Bobby as "a bloody exasperating child", Paul got a reputation at an early age for being both absent-minded yet argumentative…traits which earned him the unholy and ironic nickname "the Antichrist" from both family and friends. (fonte original: U2 biographies, já alterado. porém alguns outros sites mantêm a mesma referência)

  2. Descobri, através do site da organização do cantor que ele tem alguma forma de vínculo justamente com… Rick Warren!

O primeiro item conta como os pais, parentes e amigos de Bono Vox o chamavam desde criança… coisa muito singela e carinhosa: “o anticristo”. Depois disso, descobri que há um “ponto de contato” entre ele e Rick Warren definitivamente não me surpreendeu…

Essa pregação da paz através de métodos humanos ao invés do evangelho bíblico é uma luta que ganha terreno a cada dia. Bono se destaca ao desempenhar esse papel… é um excelente arauto do “mundo melhor” (porém transitório…) que o anticristo irá trazer consigo para enganar a humanidade. Será algo tão impressionante que envolverá até a cura de uma “ferida de morte”, o que fará toda a terra se maravilhar. Leiam Apocalipse 13:3-4 e vejam que a besta será adorada com frases como “Quem é semelhante à besta?”… e depois não digam que não foram avisados!

No vídeo complementar a esta pesquisa há uma cena de Bono Vox e banda, acompanhados pelo ministro Gilberto Gil, em Salvador cantando junto ao trio elétrico liderado por Ivete Sangalo. Sabe-se que ela e o ministro são ferrenhos defensores (e provavelmente seguidores) da "religião baiana", ou, como é comumente chamada para não ressaltar o baixo espiritismo, "cultura afro". De um jeito ou de outro é mais um componente para caracterizar o ecumenismo…

Ao ler a entrevista dada por ele ao site Paraíba, fico impressionado, no mínimo, com uma frase: "Parecia que Deus estava sorrindo"… que perfeição! Deus e carnaval, tudo a ver!

… só se for o deus deste século, ao qual já há bastante gente servindo…

Seria apenas mera coincidência se, ao cantar “No Woman No Cry” o cantor não fizesse pequenas alterações na letra para não deixar de passar sua mensagem preparatória:

“I remember carnival in the beautiful city of Salvador.

Beautiful Boys! Beautyful Girls! … I’m trying to change the world!

A new river! A new life! A new Brazil is coming!

We want the future! We want forget the past! ‘Cause what is coming is much better!”

Fiquei pasmo com essas palavras: ele está prometendo uma “nova vida” e um “novo Brasil”… não está nem supondo! Fala como se fosse certeza e, ainda por cima afirma que “o que está vindo é muito melhor”… o povo vibrou, mas eu tenho calafrios a cada vez que lembro disso.

Isso dele dizer que está tentando “mudar o mundo” esbarra levemente no texto de Daniel 7:25… se bem que muita gente repete essa frase. Mas porque um cantor estaria fazendo este tipo de promessas? É algo tão incomum quanto o pedido registrado abaixo:

… ou pedindo a eleição do vocalista para diretor-geral da Organização das Nações Unidas.

Sempre que vejo pedidos desse tipo, não consigo deixar de me lembrar do livro de Arno Froese chamado "Como a Democracia Elegerá o Anticristo"… mas, voltando ao show, chegou um momento onde o vocalista faz uma “brincadeira” bastante suspeita… observem a seqüência:

O que vemos aqui é uma analogia ao ritual de iniciação maçônico, onde o candidato a Aprendiz anda vendado e o grão-mestre lhe questiona “O que procuras?”. O novato deve responder: “Procuro a luz!”, numa alusão à busca pela sabedoria.

Bono aqui faz um perfeito paralelo a tal cerimônia ao andar inseguro e com os olhos vendados até chegar ao ponto onde é auxiliado a acender sua “luz”… dessa vez não consigo crer em mera coincidência.

Relacionados a esta “atuação” ainda há dois fatos curiosos: a câmera registra com precisão quando ele “molha os lábios”, pondo a língua de um lado para o outro… pode até ser que ele esteja com a boca seca, mas me lembro vagamente de que existe um sinal de invocação ao demônio feito de uma forma semelhante a esta… acho que o pessoal do grupo KISS executa isso de forma mais escancarada. Bono foi bastante discreto, mas foi algo que não deixou de ser registrado. O outro fato é o “acidental” corte em algum lugar de sua mão… corte que é enrolado, sem a menor cerimônia, com o símbolo de três religiões.

Ora… não querendo me importar muito com os outros dois símbolos, mas colocar sangue na cruz é algo que não deixa de chamar minha atenção: é uma miniatura de sacrifício! O mais chocante ocorre depois quando ele se livra do pano sem reverência ou referência… aquilo se tornou simplesmente um lixo! Será que ele quis dizer isso? Que o sangue na cruz de nada valeu? Há simbologia demais neste show e, pela caminhada às cegas, posso ter quase certeza que nada aqui está ocorrendo sem um objetivo muito bem pensado anteriormente.

Finalmente, mas não de forma menos surpreendente, há um último simbolismo:

Bono se curva em sinal de profunda reverência a um símbolo: um crucifixo que ele tira do peito e pendura no microfone. A câmera se aproxima e… é exatamente o mesmo crucifixo vergado que o papa leva em seu cetro! Ora, mas este crucifixo é, segundo o site “A Espada do Espírito”:

"… um símbolo sinistro, usado por satanistas no século VI, que foi novamente colocado em uso ao tempo do Concílio Vaticano II. Nessa cruz vergada, existe uma figura repulsiva e distorcida de Cristo, que os praticantes de magia negra e feiticeiros da Idade Média criaram para representar o termo bíblico "marca da Besta". Entretanto, não somente Paulo VI, mas seus sucessores, João Paulo I e João Paulo II, carregavam esse objeto e o exibiam para ser reverenciado pelas multidões, que não tinham a menor idéia que representa o Anticristo."

Para que não restem dúvidas, aqui estão as imagens de três Papas portando o mesmo símbolo:

Pois é… foi justamente a esse sinal que ele preferiu fazer reverência…

Pelo menos encontrei outra pessoa que fez algum tipo de crítica a esse cantor, mesmo não sendo uma observação bíblica acho interessante deixar o link para a opinião de Bárbara Gancia, jornalista que me pareceu ser uma das poucas que não achou tudo maravilhoso…

Após tantas provas de, no mínimo, ecumenismo dadas por esse cantor, eu fico questionando o que tem ele em comum com a igreja protestante? Eu não sei, mas o pessoal ligado aos "propósitos" deve achá-lo um exemplo a ser seguido, pois Bono foi convidado para ser preletor do "The Global Leadership Summit 2006", que acontecerá em setembro na Igreja Batista do Morumbi, em São Paulo. O site diz que "quem deve participar" deste evento é:

  • Equipe Pastoral

  • Toda a equipe de liderança

  • Líderes e voluntários

  • Líderes comunitários e empresários

  • Professores dos ministérios com crianças, jovens e adultos

  • Líderes de Grupos Pequenos e Escola Bíblica

  • Pessoas que exercem influência e trazem inovação à congregação

  • Líderes em potencial e aprendizes de líder com dom da liderança

  • Qualquer pessoa com potencial de liderança ainda não utilizado

Como contaminar o corpo de Cristo mais rapidamente? Fácil: envenene seus líderes! Veja, por curiosidade, quem foram os preletores deste congresso em 2005.

O que a liderança das igrejas protestantes tem a aprender com alguém que reverencia a imagem do anticristo?

Completando a pesquisa, uma série de imagens de importantes encontros entre líderes mundiais e esse homem:

Ah! Antes que falem o contrário: eu não creio que o senhor Paul Hewson seja o anticristo, principalmente porque há algumas condições que ele teria de cumprir para poder constar na "lista de probabilidades"… porém ele tem feito um excelente trabalho de divulgação e despistamento ao chamar a atenção do mundo sobre si e, com isso, permitir a livre movimentação do verdadeiro e futuro ditador mundial.

Bem… por enquanto é isso. As referências à chegada próxima do governo do anticristo estão se tornando mais freqüentes e vistosas a cada dia. A Bíblia não promete em lugar algum que as coisas vão melhorar no final dos tempos, pelo contrário:

“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.” (Mateus 24:21)

Quem promete um mundo melhor pode parecer uma pessoa muito boa, mas está mentindo e indo contra a própria palavra de Deus:

“Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão.” (II Pedro 3:10)

Fingir que este texto não está na Bíblia e prometer qualquer coisa diferente do que lá está registrado já é motivo suficiente para enquadrar qualquer “cristão” que assim aja ao texto de Gálatas 1:8-9.

Ao denunciar os enganos que tenho descoberto, acabo me deparando com pessoas que preferem defender a mentira que enxergar a verdade… preferem defender seus gostos pessoais que compreender a Palavra de Deus. Mas até mesmo isso já estava previsto:

“Porque virá um tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” (II Timóteo 4:3-4)

Para mim, que não sou profeta, nem pastor, nem cantor, nem junto multidões para enredá-los com enganos… sou apenas um servo e não estou aqui nem para fazer amigos e muito menos influenciar pessoas… principalmente porque o ato de convencer o pecador do pecado, da justiça e do juízo não é tarefa minha. Cabe a mim apenas obedecer às recomendações de Paulo a Timóteo:

“Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.” (II Timóteo 4:5 e 2)

Que Deus proteja e abençoe com saúde a todos… e acrescente sabedoria e discernimento àqueles que realmente O quiserem servir.

O PARADOXO DOS FÃS IRADOS…

Nos dois meses seguintes à publicação da análise acima fiquei sem tempo nem para olhar para o computador: negócios e uma bateria de exames médicos exigiram bastante de minha atenção. Quando fui olhar na caixa postal descobri uma quantidade absurda de maldições e ameaças vindas de fãs dos dois grupos musicais que havia analisado antes de me afastar.

É justamente sobre algumas dessas mensagens que eu pretendo falar nesse texto: não cito nomes para não envergonhar os autores, mas transcrevo alguns trechos recebidos: a maioria desses jovens demonstra que não sabe sequer ler, pois em momento algum Bono é chamado de anticristo…

Mas é justamente por causa dessa suposta acusação que quase metade das mensagens me foi dirigida, mesmo eu já tendo dito inúmeras vezes que o ídolo deles não é o anticristo… só está fazendo um ótimo trabalho de pré-lançamento!

Aliás, diga-se de passagem, esse negócio de adorar qualquer coisa diferente do único Deus se chama "idolatrar" e é algo bastante preocupante: sugiro que vejam, pelo menos, o primeiro mandamento na íntegra (Êxodo 20:3-5)… isto é, se vocês tiverem uma Bíblia para consultar. Caso não tenham, ofereço um link para uma versão confiável da Bíblia.

Outra coisa da qual ninguém nunca poderia desconfiar é que eu já tive até mesmo uma banda quando era mais jovem: era vocalista e conheço letras de muitas músicas seculares.

Da mesma forma que tomo banho e escovo os dentes, às vezes ouço músicas "seculares” tendo plena consciência de que esse ato em nada serve para engrandecer ou adorar a Deus… é apenas um meio de, por exemplo, me manter acordado enquanto dirijo!

Existem letras terríveis e ambíguas, assim como existem letras inócuas ou simplesmente românticas… mas absolutamente nada disso serve como adoração! Dizer que um cristão só deve ouvir música gospel – principalmente diante da enorme quantidade de lixo (musical e poético) disponibilizada neste mercado – é simplesmente querer garantir lucros no cabresto!

Sua vida não será mais nem menos abençoada se você ouvir ou não música gospel… importa é conhecer a Bíblia e aprender e seguir as verdades ali contidas!

Também gostaria de esclarecer e ressaltar que boas obras, paz na terra, caridade… tudo isso é muito bom e não há como negar. Faço esforço para participar de atividades relacionadas a estas áreas sempre que possível, mas há duas coisas das quais não posso me esquecer:

1. Boas obras de nada valem para a salvação da minha alma…

nem a de ninguém! Vejamos o que a Bíblia diz a respeito disso?

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto ao vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios 2:8-9)

"Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado.” (Romanos 3:20)

Ou seja… alguns me acusam de “querer me meter a salvar a humanidade com minha visão obtusa”, mas seria bom que esses aprendessem que nem a mim mesmo eu posso salvar, quanto mais a alguma outra pessoa! Tenho plena consciência que minha salvação só foi obtida por meio do sacrifício único de meu Senhor, Jesus Cristo, na cruz… e eu definitivamente nem merecia isso! É por esse motivo que isso se chama “Graça”! Aliás, sem querer ser pedante, devo falar a verdade: nenhum ser humano merece salvação! Vejam:

“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.” (Romanos 3:23)

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.” (Romanos 6:23)

Isso significa que ninguém, nenhum ser humano, pode salvar a si mesmo porque já nascemos todos condenados! Não me importa o quão rica, bela ou influente uma pessoa possa ser… se não seguir as recomendações expressas na Palavra de Deus, certamente terá um destino bastante infeliz. Aliás, gostaria de registrar aqui uma frase que li em algum lugar e que me fez refletir sobre a banalidade da busca insana pela aparência estética como vemos nos dias de hoje: “A beleza estética de um ser humano é tão profunda quanto a pele e tão duradoura quanto o imprevisto”.

Sobre a salvação, a Bíblia diz:

“A saber: se com tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo (…) Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo (…) De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Romanos 10:9, 13 e 17)

2. Por nada nesse mundo posso aceitar, igualar ou me curvar diante de nenhum outro deus…

mesmo que esse motivo seja denominado “paz na terra”!

Já escrevi anteriormente sobre a questão em “Que Paz É Essa”, mas pouca gente se dá ao trabalho de fazer uma pesquisa e nem mesmo procuram ver outros textos do autor antes de sair criticando… aliás, o cúmulo da desatenção (e eu rio disso) é que alguns desses jovens cismaram que eu sou um testemunha de Jeová!! Mais absurdo impossível!!

Aliás, o título dessa sessão foi justamente por causa de alguns desses absurdos que acabam sendo contraditórios. Vejamos:

Alguns dos fãs da Lagoinha me chamam de “herege”, “servo do diabo” (… e esses fãs seriam supostamente cristãos convertidos, hein?), enquanto os fãs do U2 me chamam de “fanático religioso”, “cego”, “tosco” (… e coisas bem piores!), mas desses coitados eu não consigo sequer ficar com (muita) raiva, pois esses não podem discernir as coisas espirituais.

Esses dois grupos acabaram criando o primeiro paradoxo por me classificar como o herege mais religiosamente fanático do mundo!

Algumas outras pessoas me acusam de querer aparecer à custa de meus estudos e análises de obras realizadas por pessoas famosas (será que eles não viram que eu também analisei Mozart?), ou seja, dizem que estou buscando aparecer.

Já um outro grupo quer de qualquer maneira que eu me revele… afirmando que meu anonimato é covardia. Ora bolas, decidam! Que espécie de anônimo é esse que quer aparecer? Alguém já deu entrevista no Jô Soares usando capuz? Dá para colocar o efeito mosaico em uma palestra ao vivo? Acho que não… e sinceramente eu não quero aparecer para ninguém: enquanto milhares de jovens criam blogs e fotoblogs para exibir suas feições e obter um momento de fama ou reconhecimento, eu prefiro criar um site onde busco estudar a Palavra de Deus. Enquanto outros promovem a pornografia e até mesmo vendem drogas pela internet… eu analiso eventos que aconteceram e dos quais pude ser apenas mero expectador, sem exercer qualquer forma de influência no desenrolar dos fatos.

E é justamente por isso, por não colocar antolhos e me conformar em seguir no meio da turba ensandecida e iludida, que subitamente eu me tornei “o maldito”. Mas até para essa situação de perseguição e ameaça há passagens bíblicas apropriadas:

“Bem aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai-vos e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós (…) Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus.” (Mateus 5:11-12, 44)

“E digo-vos, amigos meus: Não temais os que matam o corpo e, depois, não têm mais o que fazer. Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei àquele que, depois de matar tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei.” (Lucas 12:4-5)

Meu objetivo ao criar este site, repito, foi o de analisar eventos sob uma perspectiva bíblica e através disto me aprofundar no conhecimento da Palavra de Deus… o mais não me importa.

Meu “público-alvo” sempre foram os cristãos, pois discutir a Bíblia com pessoas que nela não crêem não tem sentido: primeiro é necessário que esses sejam apresentados ao evangelho (o verdadeiro por favor! Não esse da “easy salvation”, que inclui bônus e brindes…), conheçam o que é verdadeiramente ser “mais do que vencedor”, aceitem a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador e saibam que nada poderá separá-los do amor de Deus a partir de então.

Como alguém que não crê verdadeiramente vai compreender que apenas Isaque era o “filho da promessa”?

Como um ser humano vai aceitar que já pesa sobre este mundo o cumprimento das profecias?

Mesmo sabendo que a Jerusalém Celestial será muito melhor, não fico muito confortável por saber que, conforme I Tessalonicenses 5:3, “quando disserem: há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição”. Pregar esta parte da palavra não é algo que facilite a aceitação… mas é necessário por ser A Verdade!

Quando qualquer um vem me dizer que Jesus Cristo é igual a qualquer outro ser supostamente “iluminado”, está criando a condição para que eu cite as palavras do próprio Mestre, através das quais ele assume toda e qualquer responsabilidade sobre o futuro daqueles que confiem n’Ele:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” (João 14:6)

Essa frase parece simples, mas revela a posição singular de Jesus Cristo como o próprio Deus… ao usar “vem ao Pai” no lugar de “vai ao Pai”, Jesus Cristo assume para si todo o peso da responsabilidade de ser Deus!!! E isso nenhum dentre todos os outros “grandes Mestres” fez!

“E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.” (Atos 4:12)

Os outros meios que são ditos “iguais” são em sua maioria um código de condutas que supostamente levariam a alma humana até um lugar melhor… e realmente existe uma conduta melhor que qualquer um pode seguir, porém a soberania de Jesus sobre o destino da alma humana é apresentada claramente no calvário, quando o ladrão que suplica para que seja lembrado pelo Mestre recebe uma das promessas mais maravilhosas que qualquer um já possa ter recebido:

“Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.” (Lucas 23:43)

O que este ladrão precisou fazer? Fez obras assistenciais? Doações? Caridade? Não! Ele simplesmente creu… e, ainda por cima, nem batizado precisou ser! E quais os loucos que virão me dizer que ele não foi para o Paraíso? Talvez os mesmos loucos que supõem que eu tenha inveja de qualquer outro ser humano por seu destaque ou fama… e aqui eu sou forçado a revelar que só tenho inveja de dois seres humanos em toda a história conhecida da humanidade: Enoque e Elias… o restante da humanidade virou, vira e virará pó! Com todo o dinheiro, fama, beleza, poder… isso tudo pode ser muito bom, mas não têm a capacidade de impedir o cumprimento do inexorável:

“Assim como a nuvem se desfaz e passa, assim aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o seu lugar jamais o conhecerá.” (Jó 7:9-10)

“E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo.” (Hebreus 9:27)

Imagino que essas notícias não sejam novidades para ninguém… mas há mais algumas passagens que eu gostaria de citar como complementação:

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou seu filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus (…) Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece.” (João 3:16-18, 36)

Para aqueles que foram ensinados que Deus é uma espécie de “Papai Noel” ou que Deus é só amor, seria bom prestarem atenção no texto acima e descobrir que Deus também é justiça. Aliás, tem alguns que vivem dizendo que Jesus só veio para trazer a paz… e estes estão falando uma abobrinha sem tamanho! Vejamos o que o próprio Jesus Cristo disse:

“Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim por em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; E assim os inimigos do homem serão os seus familiares. Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.” (Mateus 10:34-38)

Isto posto, a quem você prefere seguir: ao ecumenismo de um “pop star” ou à palavra do próprio Jesus Cristo?

“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” (Mateus 6:24)

“Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que ele?” (I Coríntios 10:19-22)

Se escrevi tudo o que pode ser lido no texto sobre a Lagoinha e sobre o U2 daquela forma é porque não foram meus primeiros textos. Já tenho estudado a Bíblia a algum tempo e publico estudos através da internet a mais de um ano: não cheguei julgando pessoas, porém atitudes e mensagens. Não cheguei com acusações vazias, mas comparações ao texto bíblico… não estou aqui para salvar ou condenar ninguém, principalmente porque não tenho tal poder e, sobretudo, não sou eu quem vai fazer o mundo enxergar o que não lhe cabe ver:

“Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus.” (João 8:47)

“Se me amais, guardai os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.” (João 14:15-17)

“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.” (I Coríntios 2:14)

Diante de tais axiomas, admito que fico entristecido com o sem número de impropérios que me foram dirigidos pelos fãs… e muito mais decepcionado com aqueles que se dizem “cristãos”, mas não são capazes nem de guardar seus lábios nem de buscar recursos bíblicos para fazer um julgamento, baseando-se apenas em seu próprio entendimento e interesse.

“Dar importância à aparência das pessoas não é bom, porque até por um bocado de pão um homem prevaricará (…) O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria, será salvo.” (Provérbios 28:21, 26)

Na verdade eu percebi que a descrição contida em II Timóteo 3:1-9 está se aperfeiçoando a cada dia… até que se torne a completa realidade. Porém eu creio que ainda há esperança para muitos e, por isso, para aqueles que desejam, mas não sabem o que fazer para se tornar um verdadeiro filho de Deus, aqui vão algumas dicas:

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” (João 1:12-13)

“Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.” (João 5:24)

“Jesus respondeu, e disse-lhes: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou (…) Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.” (João 6:29,40)

Meus textos são escritos sem conhecer a grande maioria de meus leitores… isso significa que não tenho como prever o impacto de tais palavras na vida de todos aqueles que irão ler e, muito menos, saber se (como se diz no mundo) “a carapuça vai servir”!

Realmente fiquei impressionado com a imensidão de "carapuças" sob medida nos últimos dias e questiono a Deus sobre quais seus objetivos para minha vida: não sou pastor, não sou letrado, não sou rico e muito menos aspiro enriquecer ou ser sustentado à custa de mostrar a Verdade, mas quando me deparei com os mais de treze mil acessos únicos no contador de visitantes realmente senti um grande peso sobre meus ombros… uma responsabilidade que nunca imaginei ou pedi!

Ao contrário do enredo do filme “Matrix”, sei muito bem que “O Escolhido” foi apenas um: Jesus Cristo!

Não sou melhor ou mais perfeito que nenhum de vocês: fiquei amedrontado pelo tamanho do movimento ocorrendo em torno de meu pseudônimo, mas se Deus me trouxe até aqui certamente há de continuar me guiando e sustentando.

A única colaboração que peço tanto àqueles que concordam quanto àqueles que detestam é que orem pedindo a justiça de Deus sobre minha vida: se merecer bênçãos, que bom! Caso contrário, que assim seja…

No mais, que Deus possa nos dar sabedoria para entender seus desígnios.

NOTAS

[1] Jesus. Judeu. Mohammed. É verdade. Todos filhos de Abraão. Pai Abraão, o que você fez? Pai Abraão… fale a seus filhos… limpe as lágrimas.

Teóphilo Noturno