Drop Down Menu

Creative Commons License
Texto sob licença Creative Commons

BIOMETRIA

RISCO ESPIRITUAL IMINENTE E IGNORADO

ESTE TEXTO FOI DIVIDIDO EM 4 PARTES:


1ª PARTE

2ª PARTE

3ª PARTE

4ª PARTE


INTRODUÇÃO

Palama da Mão Direita

Como pré-requisito ao leitor que deseja obter plena compreensão desse texto, faz-se necessária a leitura de pelo menos dois outros textos já publicados:

Imaginando que deste ponto em diante todos os leitores terão conhecimento de que o sistema biométrico apresenta fortes indícios de que chegou para auxiliar a cumprir algumas profecias bíblicas, não há como não ficar atônito diante de um comercial como este:

http://www.youtube.com/embed/kQuN_bhMuz4

Muito ao contrário de ser uma boa notícia, a frase "e no futuro… será no Brasil inteiro" deveria causar calafrios… pelo menos naqueles que se dizem cristãos e buscam conhecer a Palavra de Deus para tê-la como parâmetro fundamental de suas vidas.

Para quem não é cristão ou não acredita na Bíblia este texto não tem o menor interesse, portanto, se você é um destes… pode parar de ler agora e ir fazer coisas mais importantes! Sei que tudo isso lhe parece loucura e estou, antecipadamente, dispensando comentários sarcásticos, principalmente daqueles que podem estar me confundindo com um desses seguidores das empresas eclesiásticas atuais e seus líderes de meia tigela!

Aliás, me incomoda bastante o fato de tais líderes, tão poderosos e "ungidos", não terem feito nada em relação ao tema que agora estou abordando. Na verdade, apesar de reconhecer um aumento da conscientização política cristã (como, por exemplo, no já famoso vídeo do pastor Paschoal Piragine Jr.), o povo continua perecendo por falta de conhecimento: dadas as profecias relativas aos tempos finais, tenho certeza que entre João, Maria ou Francisca na função de presidente (ou em quaisquer outras!) a agenda de Deus não será adiada ou alterada: assim como o coração de faraó foi endurecido em Êxodo 9:12, assim serão as ações dos líderes mundiais nos últimos dias! Essa ideia de que a eleição de um líder "bonzinho" ou "evangélico" pode mudar o destino do Brasil ou do mundo… é, simplesmente, ir contra a Palavra de Deus! E, sem dúvida, será muito mais doloroso ver um suposto cristão se curvando ante a ditadura do anticristo do que já saber que os atuais líderes continuarão fazendo o que já habitualmente praticam.

Deus, quando precisa, levanta líderes independentemente de consultas populares ou quaisquer outros sistemas imaginados pelos homens: José, Davi, Daniel… são bons exemplos de que eleições nada significam para o Senhor Deus! E para aqueles que depositam alguma confiança no sistema eleitoral brasileiro, o vídeo abaixo pode até ser chocante, mas também será bastante esclarecedor:

http://www.youtube.com/embed/l2sGotJMseM

Clamor???

Diante de tais fatos, não me venham, por favor, falar em um "dia de clamor pelo Brasil", pois não vejo nada de benéfico nesse movimento de manipulação emocional e criação de falsas expectativas… na verdade acho isso bastante parecido com esses inúteis e ridículos "atos proféticos" praticados pelos "macumbeiros gospel" de plantão como um tal "patriarca" e uma outra doutorazinha oriental…

Citando a Palavra, este "dia de clamor" é mais ou menos como o que foi condenado pelo Senhor Jesus Cristo nessa passagem:

"Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus. Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita; Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente. E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente." (Mateus 6:1-6)

Quer orar? Torne isso um exercício diário e discreto! Aprenda a ter intimidade com o Senhor Deus e não fique dependendo de eventos especiais para isso!

Não creio em definitivo na mudança do país e muito menos do mundo, mas creio que há algumas pessoas que ainda serão alcançadas pelo evangelho genuíno e isso será feito não através de técnicas avançadas de psicologia e marketing e muito menos por golpes emocionais e subornos sobrenaturais, mas o cristão verdadeiro prega o evangelho através de sua conduta cotidiana sem precisar se declarar continuamente como "evangélico"… como se isso validasse alguma coisa!

Esses, que tanto reafirmam, parecem precisar constantemente convencer-se a si mesmos de que não estão mais servindo ao mundo para conseguir escapar de praticar as imundícies que normalmente praticavam. Muitos, infeliz e vergonhosamente, mesmo após tanta auto-afirmação, continuam praticando e sujando o nome de "cristão" por todos os lugares onde passam!

Fechando este tópico, digo que não há dúvidas de que o testemunho através do próprio comportamento ajuda muito a demonstrar o que é ser cristão, mas, conforme João 16:8, ainda é papel do Espírito Santo convencer o pecador de seus pecados, da justiça e do juízo. Outrossim:

"De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." (Romanos 10:17)

ARREBATAMENTO

Alguns cristãos, mais pertinentes, poderão questionar minha preocupação com a marca da besta se, quando isto ocorrer, já estaremos fora deste mundo.

Sem dúvido oro muito por isso e seria motivo de júbilo eterno, todavia creio que deva estar preparado para qualquer quadro que venha a se apresentar… como, por exemplo, uma perspectiva apresentada num relance pelo apóstolo Paulo:

"Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados." (1 Coríntios 15:51-52)

Este detalhe da "última trombeta" não me alegra muito, pois pode estar indicando a última das sete descritas no Apocalipse, ou seja, há algum aperto a ser superado e "os que não tiverem dormido" também serão transformados.

Seria muita moleza ser arrebatado antes do cumprimento das profecias e, repito, eu também iria gostar muito disso, mas… se os apóstolos e os primeiros cristãos foram martirizados e jogados aos leões por amor ao evangelho do Senhor Jesus Cristo, porque nós seríamos "melhores" que eles?

Na verdade, nós somos miseráveis perto de tudo o que estes verdadeiros heróis da fé vivenciaram e sobreviveram! Hoje temos "cristãos" de meia pataca querendo oferecer "o seu melhor" e transformar as concupiscências mundanas em adoração a Deus e desconsideram completamente a possibilidade de estar vivendo um evangelho deturpado e falacioso, exatamente aquele contra o qual somos prevenidos:

"Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão." (1 Coríntios 15:1-2)

Vocês têm noção do quão perigoso é "crer em vão"?! É viver em privação completa, dizendo "Senhor, Senhor!" o tempo inteiro e, no final…

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." (Mateus 7:21-23)

Esses a quem me refiro fazem parte de uma verdadeira legião de energúmenos prestes a ser enviada diretamente para o inferno e, sem dúvida, pouco lhes importa se receberão ou não a marca da besta!

Mas respondendo aos irmãos que podem questionar sobre o arrebatamento, faz-se necessário citar duas passagens:

"E eu pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia. E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio. E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta. E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses. E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu. E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo." (Apocalipse 13:1-8)

E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. (Apocalipse 20:4)

Tomei a liberdade de destacar nessas passagens as provas irrefutáveis de que haverão ainda santos aqui, pois estes serão derrotados pela besta quando esta se manifestar em sua plenitude. Tais personagens estão destinados a degola por se recusarem a receber o sinal e… quem serão? Seremos nós ou serão aqueles que, retirado o Espírito Santo deste mundo (conforme indicado em 2 Tessalonicenses 2:6), terão que descobrir como o Senhor Deus aplicará sua multiforme graça de modo que também sejam salvos?

Não creio, diante das profecias, que haja espaço para uma "nova reforma" e, por isso, prossigo nessa batalha em defesa da salvação daqueles que não quiserem correr o risco de "provar a ira de Deus sem mistura".

Seja por nós ou pelos santos do futuro, ao assistir o primeiro vídeo apresentado aqui, senti grande necessidade de entrar em contato com o Tribunal Superior Eleitoral da forma que transcrevo a seguir:

TSE

Campanha

Como ao enviar-lhes esta mensagem sou obrigado a identificar-me sem pseudônimo, creio ser importante informar-lhes que a mais de cinco anos tenho publicado estudos bíblicos na internet sob o pseudônimo “Teóphilo Noturno” e, por questões pessoais, prefiro ser tratado por tal alcunha ou, simplificando, Teophilo.

Informo também que não sou membro de nenhuma das empresas eclesiásticas que atualmente atuam no Brasil por diversos motivos, mas principalmente por causo do elevado grau de afastamento entre as doutrinas vigentes e as recomendações bíblicas essenciais. E como a maioria dos “pastores” parece estar ocupada demais envolvida em ganhar dinheiro e aumentar seu “rebanho” através dos mais diversos recursos de manipulação, creio que cabe a mim levantar uma questão de grande interesse a todos os cristãos genuínos, ou seja, aqueles que independentemente da religião ou denominação, prezam os preceitos bíblicos acima de tudo.

Talvez seja melhor esclarecer as condições que me trazem a escrever estas palavras para que haja uma melhor compreensão do que será pedido:

Nasci no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro. Apesar de ter vivido a maior parte da minha vida como “evangélico”, por volta dos 30 anos, algumas condições adversas me levaram a iniciar pesquisas bíblicas mais detalhadas do que as mensagens deturpadas que têm sido normalmente apresentadas nos púlpitos eclesiásticos. Minhas pesquisas estão registradas e disponíveis através de um site e de um blog. Dessa forma, devo ressaltar que considero o texto bíblico superior e de maior precedência até mesmo do que a própria Constituição Brasileira citando, para isso, uma passagem registrada pelo apóstolo Paulo:

“Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam. Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, Cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas. Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas.” (Filipenses 3:17-21)

Tal passagem encontra-se na versão “Almeida Corrigida e Fiel” (doravante “ACF”, a preferida pelos fundamentalistas), porém gostaria de reapresentar o texto acima destacado em mais duas versões, católica e Almeida Revisada e Atualizada (doravante, ARA), para provar que a confusão não é meu objetivo:

“A nossa cidadania, porém, está lá no céu, de onde esperamos ansiosamente o Senhor Jesus Cristo como Salvador.” (Filipenses 3:20 - católica)

“Mas a nossa pátria está nos céus, donde também aguardamos um Salvador, o Senhor Jesus Cristo.” (Filipenses 3:20 - ARA)

Tal afirmação não é motivo para que me torne infrator das leis brasileiras! De forma alguma! E é justamente na intenção de evitar uma futura infração que busco me comunicar com este órgão que julgo capaz de solucionar um gravíssimo problema que se estabelecerá muito em breve!

Apenas para esclarecer minha autoridade como mero gentio brasileiro, porém seguidor do Senhor Jesus Cristo, citarei uma passagem registrada pelo apóstolo João:

“João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.” (Apocalipse 1:4-6)

Ao contrário do senso comum sobre as prerrogativas favorecedoras a qualquer rei, sua principal função é a defesa da integridade de sua nação até mesmo ao custo da própria vida. Como sou parte de um reino imaterial, meu papel é a singela defesa da fé genuína, tanto das graves heresias que se multiplicam dentre aqueles que se afirmam como “cristãos”, quanto dos conflitos que possam vir a existir entre o exercício da vida cristã genuína e as obrigações seculares aos quais, como cidadão, sou submetido.

Crendo que esta introdução seja capaz de esclarecer o suficiente sobre minha pessoa, já é hora de expor o motivo de minha preocupação e será necessário um pouco mais de sua atenção e paciência.

Não desejo me aprofundar em questões teológicas, porém faz-se necessária uma breve dissertação sobre o motivo de minha angústia, que é baseada nas seguintes passagens proféticas:

“Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços. E, quanto aos dez chifres, daquele mesmo reino se levantarão dez reis; e depois deles se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis. E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo.” (Daniel 7:23-25)

“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão. E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada. E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens. E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta. E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.” (Apocalipse 13:11-17)

Tomo a liberdade de imaginar que qualquer um com o mínimo de conhecimento sobre o cristianismo já tenha ouvido alguma menção a estas profecias relativas à comentada “marca da besta”, inclusive as histórias de sua ligação com algum chip de computador a ser implantado e os mais diversos tipos de ficção decorrentes desse conceito.

O fato é que a Bíblia em momento algum menciona tamanho aparato tecnológico, porém temos o relato de um tempo “futuro” feito por um homem que viveu a aproximadamente dois mil anos atrás. Ele fala apenas de um “sinal” a ser posto na mão direita ou na testa. Ora, senhoras e senhores… o que é a biometria?

Não podemos deixar de levar em consideração que a alternativa para leitura de impressões digitais é chamada de “scan” da retina, um procedimento em que o indivíduo a ser identificado encosta a fronte sobre o aparelho de forma que qualquer um sem conhecimento tecnológico possa imaginar que o que está sendo examinado seja a testa.

Dessa forma, sou levado a cogitar que a marca da besta possa ser a mera inclusão na base de dados biométrica que, inicialmente, será utilizada apenas para fins eleitorais e democráticos, porém já podemos vislumbrar no horizonte sua aplicação na criação de uma identidade única, cujas funções poderão incorporar até mesmo o papel do cartão de crédito (já que, conforme se diz em um comercial: “dinheiro já era”…).

Ora, qualquer um pode concluir que quem não participar dessa “unificação” terá sérios problemas em todas as áreas de sua vida, indo muito além das restrições impostas àqueles em falta com a justiça eleitoral. Atualmente ainda dispomos da opção de pagar uma multa para regularização desta situação, porém quando o quadro avançar na direção do documento único… qual a alternativa para se comprar ou vender sem ele?

Sei também e muito bem que todo esse processo está sendo implementado em nome da paz e da segurança, mas sobre isso a Bíblia também previne àqueles que nela creem:

“Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.” (1 Tessalonicenses 5:1-3)

Apenas para efeito de esclarecimento, citarei outra passagem que revela o que ocorrerá a pessoas como eu:

“E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.” (Apocalipse 20:4)

Diante de tais possibilidades, me assusto e fico temeroso com a obrigatoriedade do recadastramento eleitoral. Sei que ainda não é o tempo de ser degolado, assim como imagino que todo esse movimento seja apenas uma espécie de preparação para o que virá, porém sou obrigado por minha consciência a me recusar definitivamente a tomar parte nesse processo a partir de agora: por motivos de fé estou pedindo antecipadamente que seja criada uma alternativa para todos aqueles que vierem a se recusar a participar de qualquer forma de cadastramento biométrico. Nesse caso específico, o eleitoral.

Tenho plena consciência daquilo que creio e ser multado por exercer a minha fé também é algo que se chocará com o 5º artigo da Constituição. Para que saibam a outra opção que poderia escolher, ou seja, caso venha a cogitar aceitar tomar parte em uma coisa que possa vir a ser parte do sistema da marca da besta, apresento mais uma passagem bíblica:

“E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.” (Apocalipse 14:9-11)

A morte física é pouco perto do tormento eterno, apesar de nenhuma das duas opções ser agradável.

Dessa forma, tentando subsistir dentro da lei e em paz com minha fé pelo tempo em que isso ainda for possível, rogo encarecidamente a vossas excelências que tenham urgência em providenciar uma alternativa a este processo obrigatório de cadastramento biométrico, pois de outra forma pelo menos alguns cidadãos brasileiros (a saber: eu e minha família) estaremos sendo punidos por crer com sinceridade no livro que, além de ser a base para todo o cristianismo, é chamado também de Palavra de Deus.

Ratifico que não sou representado por absolutamente nenhum líder religioso de qualquer movimento eclesiástico ou religioso atualmente existente no Brasil por considera-los (em sua vasta maioria) corrompidos, corruptores e especialistas deturpadores contumazes da Palavra de Deus… a ponto de até agora estarem mais preocupados em influenciar suas “ovelhas” quanto às eleições do que tentando livrá-las do iminente entrave que apresento nesta mensagem.

Concluo informando que esta mensagem estará exposta em meus sites: em breve será aberta a oportunidade de subscrição, na forma de abaixo-assinado, àqueles que desejarem tomar parte neste movimento cuja base é apenas o texto bíblico, ou seja, apenas os que verdadeiramente creem nas profecias:

“E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima.” (Lucas 21:25-28)

Peço perdão pelos possíveis deslizes decorrentes de minha ignorância e agradeço a atenção dispensada, aguardando com ansiedade o resposta que será dada a esta sincera e aflita petição.

Respeitosamente subscrevo com meu pseudônimo,

Teóphilo Noturno

DENATRAN

Sinceramente cri que através da mensagem acima estaria me adiantando em alguns anos ao desconforto do recadastramento biométrico, porém o Senhor Deus não costuma mexer com minha vida de forma "folgada": foi assim com a força aérea, foi assim com a empresa eclesiástica… porque não seria assim com a biometria?

Dadas as dificuldades financeiras que ainda atravessamos, eu e minha esposa decidimos vender o automóvel para quitar algumas dívidas contraídas em prol da conclusão da obra do imóvel onde moramos. Estávamos cogitando até a possibilidade de utilizarmos uma dessas pequenas motocicletas para nos deslocar nas redondezas, mas isso exigiria a adição de uma categoria a nossas habilitações… e aí veio a maior e desagradável surpresa: a habilitação JÁ ESTÁ EXIGINDO a biometria e sem método alternativo disponível!

Diante de tal situação, assim como me dirigi ao TSE, decidi buscar contato com o Departamento Nacional de Trânsito conforme a mensagens transcrita a seguir:


Aos excelentíssimos senhores responsáveis pelo Departamento Nacional de Trânsito,

Meu nome é X, brasileiro, militar reformado e habilitação nº X (válida até 2012), mas solicito que tais informações sejam mantidas em sigilo e também que, doravante, seja utilizado meu pseudônimo, Teóphilo, com o qual venho por cinco anos publicando um site e, mais recentemente, um blog.

O motivo que me leva a lhes escrever esta mensagem é relacionado ao conflito causado entre o direito que tenho de exercer minha fé e o direito de possuir uma habilitação.

Atualmente sou habilitado e, apesar de alguns pontos na carteira, nada me impede de proceder na renovação de minha habilitação… ou melhor, impediria. A necessidade da identificação biométrica acaba me pondo em posição de conflito com um dos pontos mais importantes para qualquer cristão: a salvação.

Sei que essa informação soará confusa e que nenhum dos atuais líderes religiosos do Brasil se manifestou em relação a isso até agora, mas justamente por não fazer parte de um sistema “eclesiástico religioso” tradicional é que pude estudar a Bíblia de forma a não ser manipulado.

Recentemente enviei uma mensagem ao Tribunal Superior Eleitoral solicitando uma alternativa ao breve e obrigatório “Recadastramento Biométrico” e é por este mesmo motivo que estou me dirigindo agora a vossas excelências: fui me informar como adicionar mais uma categoria a minha carteira e descobri que a inclusão em um sistema de informações biométricas é obrigatória e, aparentemente, sem alternativas!

Independentemente de suas crenças religiosas, gostaria de apresentar-lhes uma passagem bíblica bastante conhecida, porém muito pouco considerada:

“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão. E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada. E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens. E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta. E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.” (Apocalipse 13:11-17)

Estas são palavras do apóstolo João em referência a um futuro que se realizará, ou melhor, parece que já está se realizando diante da imposição biométrica que se está aplicando não apenas aqui no Brasil, mas em todo o mundo.

O ato de receber tal sinal de forma alguma é deixado impune por Deus, conforme está registrado em outra passagem:

“E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.” (Apocalipse 14:9-11)

Há muita especulação de que essa marca poderia ser um “chip”, porém tudo me leva a crer que esta “marca” seja a inclusão no banco de dados biométrico que já foi criado e, muito em breve, será unificado em todos os sistemas (principalmente o governamental e o financeiro) em nome de supostas “paz e segurança”. Quanto a essas duas coisas tão almejadas, a Bíblia também tem algo muito singelo a dizer:

“Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.” (1 Tessalonicenses 5:1-3)

Dadas tais informações, não estou afirmando que esse procedimento seja propriamente a temida “marca da besta”, mas sim que é um prelúdio para tal e, em meu papel como cristão temente à Palavra de Deus, desde já não posso sequer tomar parte nesse sistema.

Por outro lado, nada além disso me impede de requerer a renovação de minha habilitação: mesmo com alguns problemas bastante específicos de saúde, algumas vezes ainda necessito me valer de meu direito de ir e vir. Ser privado disso, além de inconstitucional, serviria apenas para provar que a previsão do apóstolo João está se concretizando sem que quase ninguém perceba e muito menos se manifeste.

Há, sim, uma profecia sobre o que acontecerá àqueles que não aceitarem a marca da besta:

“E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.” (Apocalipse 20:4)

Mas creio que ainda não é a hora de ser degolado por isso, então rogo, por favor, que viabilizem um método alternativo de identificação que não utilize nada que faça parte da palma da minha mão direita e nem de minha testa (compreendam como identificação biométrica através da retina): não me incomodo com o velho sistema das digitais em papel e muito menos com fotos ou assinaturas, mas nada onde tenha que colocar dedos ou olhos para ser identificado através de “scan” pode ser aceito por mim.

Creio que minha manifestação poderá alertar alguns poucos cristãos genuínos sobre o risco desse questionável sistema e, por isso, brevemente iniciarei um abaixo-assinado relativo a essa questão.

Tomo a liberdade de me dirigir diretamente a vossas excelências diante do fato de nenhum “grande líder” tê-lo feito até o presente momento e baseado em mais uma passagem registrada pelo apóstolo João:

“João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.” (Apocalipse 1:4-6)

Sendo essas as minhas prerrogativas pela fé em meu Senhor Jesus Cristo, ratifico que não sou representado por absolutamente nenhum líder religioso de qualquer movimento eclesiástico ou religioso atualmente existente no Brasil por considera-los (em sua vasta maioria) corrompidos, corruptores e especialistas deturpadores contumazes da Palavra de Deus… a ponto de até agora estarem mais preocupados em influenciar suas “ovelhas” quanto às eleições do que tentando livrá-las do iminente entrave que apresento nesta mensagem.

Concluo informando que esta mensagem estará exposta em meus sites: em breve será aberta a oportunidade de subscrição, na forma de abaixo-assinado, àqueles que desejarem tomar parte neste movimento cuja base é apenas o texto bíblico, ou seja, apenas os que verdadeiramente creem na Bíblia como Palavra de Deus.

Peço perdão pelos possíveis deslizes decorrentes de minha ignorância e agradeço a atenção dispensada, aguardando com ansiedade o resposta que será dada a esta sincera e aflita petição.

Respeitosamente subscrevo com meu pseudônimo,

Teóphilo Noturno

CONCLUSÃO

Imagino que alguns "sabichões" poderão se utilizar deste movimento para tentar escarnecer de meus esforços, porém se tudo o que peço aqui é tão ridículo, qual o problema de se criar um método alternativo à biometria?

Como informei na mensagem ao DENATRAN, não me incomodo que me identifiquem através de meus cotovelos ou pés, mas tenho grande desconforto e prefiro buscar uma alternativa para que não cheguem nem perto da palma da minha mão direita e da minha fronte!

Este é um texto sem conclusão, pois o abaixo-assinado está disponível online e necessita de assinaturas para que possamos reivindicar um paliativo, uma forma de não tomar parte dessa marcação preparatória até o dia em que sejamos retirados deste mundo ou tenhamos que perder a cabeça…

Caso deseje tecer algum comentário, faça-o clicando neste link.

Para ler outros artigos e atualizações sobre o avanço da imposição biométrica, não deixe de clicar NESTE LINK.

Teóphilo Noturno